Os benefícios do chocolate 100% cacau

Conheça o novo chocolate feito não só com a amêndoa, mas com a polpa do cacau. Confira também 7 benefícios do produto para a saúde

Por Victoria Theonila Atualizado em 14 jun 2021, 22h57 - Publicado em 15 jun 2021, 09h00

Se antes o chocolate já foi visto como vilão, hoje o alimento ganhou versões saborosas e saudáveis (como desvendamos nessa matéria)! Isso porque há cada vez mais deliciosas versões da guloseima com altas concentrações de cacau em sua composição.

Nativo da região Amazônica e objeto de estudo por conta dos inúmeros benefícios à saúde, o cacau é rico em flavonoides, compostos bioativos presentes em diversos alimentos. O cacau possui função anti-inflamatória, antioxidante, previne diversas doenças crônicas e cardiovasculares, além de ajudar a regular o nível de açúcar no sangue e na melhora do humor.

Apesar de tantos benefícios, 70% do cacau é descartado na produção tradicional: apenas as amêndoas são aproveitadas. Para aproveitar 100% do fruto, uma nova marca, a Wholefruit, da Cacao Barry, reuniu 30 chefs e confeiteiros que desenvolveram pesquisas por quase dois anos para entender como aproveitar 100% do fruto puro. Seguindo princípios de sustentabilidade, o chocolate é livre de açúcares refinados e conservantes. Também não leva leite: apenas aproveita a polpa da fruta, normalmente jogada fora. 

Na hora da degustação, o chocolate rico em cacau revela uma acidez natural, notas frutadas que trazem frescor e uma profundidade de sabor natural do cacau. Para aproveitar os benefícios do produto para o corpo, é necessário apenas apreciá-lo com moderação e em doses equilibradas.

Conheça mais alguns benefícios do Cacau:

1. Ajuda na melhora do humor

Quem nunca comeu um chocolate e instantaneamente ficou um pouco mais feliz? O cacau aumenta a produção de serotonina no organismo, que é o hormônio responsável pelo bem-estar. Além disso, é rico em magnésio, ideal para ajudar no combate a depressão, insônia e ansiedade.

2. Combate o colesterol e ajuda na saúde do coração

O colesterol alto pode causar diferentes problemas cardíacos, por isso, ao incluir o cacau na alimentação (sempre com a orientação do seu nutricionista), o fruto ajuda a reduzir os altos números de colesterol no sangue, graças aos flavonoides. Além disso, contém uma ácido oleico, responsável por combater doenças cardíacas e até radicais livres em excesso.

Continua após a publicidade

3. Reduz a pressão arterial

Os flavonoides presentes no cacau entram em ação em mais um momento, ajudando também na pressão arterial. Essa substância atua como um vasodilatador, fazendo com que o sangue flua melhor e assim diminuindo consequentemente a pressão arterial.

4. Ajuda na saúde respiratória

Os grãos do cacau contêm duas substâncias chamadas de xantina e teofilina, que atuam fazendo com que os brônquios fechados tenham um relaxamento dilatando-os. Com isso, facilitam o fluxo de ar e ajudam no combate de alergias, asma e falta de ar.

5. Cuida da pele

Você sabia que o cacau também pode ser utilizado para a saúde da pele? Ajuda a diminuir os efeitos das manchas causadas por raios solares e deixa a pele menos enrugada, mantendo sua elasticidade e hidratação.

6. Ajuda a diminuir a inflamação

Rico em antioxidantes, o cacau diminui o dano celular causado pelos radicais livres e a inflamação. Além disso, ajuda a diminuir a quantidade de proteína C reativa no sangue, que é um indicador de inflamação.

7. Ajuda a regular o intestino

Mais uma vez os flavonoides entram em ação, agora junto com as catequinas e chegam ao intestino grosso ajudando a aumentar a quantidade de bactérias boas que possuem efeito prebiótico e podem melhorar o funcionamento do intestino.

Você já consome o cacau diariamente para aproveitar os ricos benefícios do fruto? Prefere na versão em pó ou o clássico chocolate amargo? Vale lembrar que é sempre muito importante consultar um nutricionista a fim de entender como, qual a melhor forma e quantidade de cacau incluir na rotina diária de alimentação e cuidados com a pele.

Continua após a publicidade
Publicidade