O que acontece quando… você inclui a aveia na dieta

Sim, colocar essa aliada na sua alimentação vai garantir uma dieta mais nutritiva e rica em fibras – substância que segura o apetite e impede o acúmulo de gordurinhas

Por Maria Lúcia Zanutto Atualizado em 28 out 2016, 21h13 - Publicado em 23 fev 2016, 14h07

As fibras presentes na aveia auxiliam no bom funcionamento do intestino, pois possuem uma substância chamada betaglucana, que é responsável por tornar a digestão e absorção de alguns nutrientes – como os carboidratos – mais lenta, o que favorece a saciedade e ajuda a controlar o apetite até a refeição seguinte. De acordo com Cynthia Antonaccio, nutricionista e sócia-diretora da Equilibrium, em cada duas colheres de sopa de aveia em flocos há três gramas de fibras, o equivalente a 12% das necessidades diárias desse nutriente. “A aveia pode ser facilmente inserida na alimentação e consumida de diferentes formas: em frutas, iogurtes ou leite e também pode ser utilizada em receitas do dia a dia”, revela.

Nas receitas, substituir a farinha de trigo refinada (farinha branca) pela farinha de aveia é também uma troca inteligente, pois a farinha de aveia contém mais proteínas e duas vezes mais fibras que a farinha branca comum. A troca não altera o sabor e a textura das preparações. Por isso, incluir aveia ou produtos contendo esse grão, como cookies e barrinhas, nas refeições pode ajudar a comer de forma mais moderada e manter o corpo e a saúde em dia.

Confira algumas receitas para você apostar:

Publicidade