Você é viciada em açúcar? 8 passos para virar esse jogo!

Com algumas atitudes simples você consegue fazer um senhor detox e ensina o organismo a cortar relações com o açúcar

Por Andréia Meneguete (colaboradora) Atualizado em 11 out 2021, 19h17 - Publicado em 25 out 2021, 09h00

Para quem não consegue deixar o docinho de lado, a jornalista australiana Sarah Wilson criou uma ótima estratégia: a I Quit Sugar – uma dieta que conquistou adeptos na Europa e Estados Unidos. A seguir, ela compartilha um passo a passo para você conseguir dar um tempo no açúcar.

Semana 1: comece aos poucos

  • Primeiro, corte o açúcar de mesa e os doces (inclusive chiclete e bala).
  • Dois ou três dias depois, fique longe também de pães, massas e salgadinhos com farinha refinada, refrigerantes e sucos adoçados.
  • Nessa semana, você deixa de ter contato direto com o açúcar, mas ainda recebe fontes indiretas dele, como a frutose, vinda das frutas.

Semana 2: corte os produtos zero e diet

  • Os adoçantes também ficam de fora (a dieta permite no máximo estévia e xylitol).
  • Faça seis refeições por dia e aumente a dose de proteína magra, legumes e verduras, além de beber mais água (2,5 litros por dia).

Semana 3: elimine o açúcar mascarado

  • É a etapa mais restritiva – até as frutas (mas logo elas voltam!) e os sucos naturais ficam de fora. O mesmo vale para os condimentos (ketchup e vinagre balsâmico) e todos os produtos com açúcar na lista de ingredientes.
  • Recuse ainda o xaropes de milho e glucose – comuns nas barras de cereais.

Semana 4: perceba os sinais positivos

Você ainda pode apresentar sintomas de abstinência do açúcar (dor de cabeça e irritação). Mas é grande a chance de estar menos inchada.

Semana 5: esqueça os carboidratos simples

  • Se ainda não aderiu ao arroz e ao macarrão integrais, agora é obrigatório.
  • Não se esqueça de complementar o prato com proteína magra, legumes e verduras – elas reduzem o risco de prisão de ventre, que pode surgir por causa das mudanças alimentares.

Semana 6: volte a comer frutas

A recomendação é optar por aquelas que têm pouca frutose (melão, maracujá, limão, kiwi e laranja com a parte branca) e, ainda assim, consumir apenas uma porção por dia. Os sucos de fruta continuam proibidos.

Semana 7: aprenda a lidar com o tropeço

Caso tenha cometido algum deslize (comeu um chocolatinho ou uma bala), não desista: continue a dieta de onde parou.

Semana 8: encontre o equilíbrio

Volte a comer uma porção por dia de qualquer fruta e, no máximo, oito colheres de chá de açúcar – isso considerando a quantidade presente nos alimentos industrializados. No Brasil, a dose de açúcar adicionada não consta na embalagem. A saída é evitar os produtos em que ele aparece no início da lista de ingredientes.

Continua após a publicidade

Publicidade