Continua após publicidade

Drenagem facial: passo a passo para desinchar o rosto

Movimentos feitos com as mãos ou usando rolo massageador ajudam a melhorar a aparência de rugas finas

Por Larissa Serpa
Atualizado em 22 dez 2022, 16h31 - Publicado em 29 dez 2022, 15h17

A drenagem linfática corporal já é um tratamento muito conhecido e tem como objetivo estimular o sistema linfático, que é o principal sistema de defesa do organismo.

Já a drenagem facial ganhou atenção com a popularização dos rolinhos de metal, jade ou quartzo que ajudam a realizar os movimentos no rosto. Nessa região, os benefícios incluem:

  • melhorar o inchaço;
  • amenizar linhas de expressão;
  • oxigenar os tecidos;
  • relaxar;
  • ajudar na prevenção e tratamento da acne (por conta do estímulo da circulação).

O QUE VOCÊ PRECISA PARA FAZER UMA DRENAGEM FACIAL

Segundo a biomédica, especialista em saúde estética e mestre em Ciências Farmacêuticas, Ana Clara Brathwaite, não é preciso muita coisa para inserir a drenagem na rotina.

“Pode ser feito com um creme hidratante ou anti-idade que a paciente já usa na sua rotina.”

COM QUE FREQUÊNCIA FAZER A DRENAGEM FACIAL

Continua após a publicidade

“A drenagem pode ser feita todos os dias, preferencialmente pela manhã, porque ajuda a melhorar o inchaço ao acordar. O importante é higienizar o rosto com sabonete adequado, aplicar o creme, fazer a drenagem começando no pescoço e chegando até a testa, finalizando com a aplicação do protetor solar”, diz.

PASSO A PASSO DA DRENAGEM FACIAL
A biomédica ensina as etapas

1

A drenagem facial começa no pescoço na região logo em cima das clavículas.

Ali, você deve fazer movimentos circulares de seis a dez vezes, com as pontas dos dedos e de forma lenta e constante.

Continua após a publicidade
2

Em seguida, é preciso drenar a região lateral do pescoço e a nuca, com movimentos de trás para frente, como se estivesse “empurrando” a linfa de todo pescoço em direção à clavícula.

3

O próximo passo é drenar o queixo.

Com os dedos indicador e médio formando um V, encaixe o centro do V na laterais do queixo e faça movimentos ascendentes (para cima) até o final da bochecha direita.

Continua após a publicidade

Depois, faça o mesmo do lado esquerdo.

4

Para drenar a boca, posicione as pontas dos dedos por baixo do lábio inferior, deslizando os dedos até a base do queixo.

Depois, faça movimentos circulares do canto da boca até o centro do queixo.

Então, coloque os dedos entre a base do nariz e o lábio superior e contorne a boca com movimentos circulares até o centro do queixo;

Continua após a publicidade
5

Para drenar as bochechas, posicione os quatro dedos (menos o dedão) abaixo das orelhas, no final da mandíbula e pressione a região de seis a dez vezes.

Também com as pontas dos dedos na lateral do nariz, leve a linfa para o canto das orelhas.

6

Para drenar a região dos olhos, posicione os dedos na região lateral do rosto e deslize do canto externo do olho até a parte de trás das orelhas.

Continua após a publicidade

Repita o mesmo movimento na pálpebra inferior e superior com movimentos circulares.

7

Finalize com a drenagem da testa com as pontas dos dedos centralizadas próximo às sobrancelhas com movimentos para cima e em direção às orelhas, “empurrando” a linfa.

Por fim, estimule novamente a proximidade das orelhas e a parte superior das clavículas.

Publicidade