BOA FORMA responde Vamos atrás dos melhores especialistas para tirar suas dúvidas

Quais os principais tratamentos para a hérnia de disco?

Por Amanda Panteri Atualizado em 23 Maio 2021, 17h15 - Publicado em 27 Maio 2021, 14h00

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 80% da população sofre com dores nas costas. Muitas podem ser as causas: má postura, problemas musculares, ou até algo mais sério, como a hérnia de disco. 

Mas quais são os principais tratamentos do problema? O cirurgião de coluna Luciano Miller (@drlucianomiller) explica: 

“Na maioria das vezes, os médicos receitam repouso, fisioterapia e o uso de medicamentos para tratar o quadro. Mas em alguns casos, o tratamento cirúrgico precisa entrar em cena (cerca de 10% das pessoas).”

Ele afirma que existem três tipos de cirurgias:

Método tradicional

“É realizado um corte que possibilita ao cirurgião alcançar a coluna. O especialista retira o disco danificado e pode optar por unir duas vértebras ou colocar um material artificial como substituto da estrutura prejudicada. Se houver desalinhamento ou perda de firmeza nas vértebras, articulações e ligamentos, o médico pode utilizar materiais como parafusos para fixá-los.”

Minimamente invasivas

Microcirurgia: consiste na realização de incisões menores e mais precisas na pele do paciente e o procedimento é feito com a ajuda de um microscópio cirúrgico. O objetivo é retirar o disco danificado e cauterizar os nervos próximos à lesão para aliviar a dor. Ela provoca menos sangramento e garante uma recuperação mais rápida.

Cirurgia endoscópica: é feita através da introdução de tubos finos e compridos através de cortes mínimos na pele. Necessita apenas de anestesia local e sedação e pode contar com a ajuda de radiofrequência para remover a hérnia.

Rizotomia por radiofrequência: o médico cauteriza pequenos nervos localizados nas articulações da coluna através da inserção de agulhas. É um procedimento simples e seguro realizado com o paciente internado por cerca de 24 horas e traz alívio imediato para o incômodo.

Continua após a publicidade
Publicidade