Daniela Mattos Yoga com propósito, por Daniela Mattos Daniela Mattos encontrou na prática de Kundalini Yoga um caminho para a cura e sua verdadeira missão de vida. É autora do livro 'Sat Nam — Você É Seu Próprio Guru'.

Alimentação e saúde: como superei eczema mudando a minha alimentação

A inflamação na pele foi superada com algumas mudanças

Por Daniela Mattos Atualizado em 10 nov 2021, 18h19 - Publicado em 13 nov 2021, 18h13

Sempre me achei saudável, afinal desde adolescente fui esportista, nadava e nunca estive acima do peso. Acreditava que uma alimentação balanceada era a chave para a saúde, porém nunca questionei as pirâmides alimentares e sempre aceitei como me foram ensinadas. Só que com o passar dos anos e com novos aprendizados e questionamentos pessoais, comecei a ler e pesquisar mais sobre o poder dos alimentos na nossa saúde e descobri coisas impressionantes. Várias razões me levaram a parar de consumir carne em 2016 e para o meu biotipo foi fantástico, me senti mais energizada e muito melhor. Naquele momento eu entendi que essa ideia que todo mundo tem que ter proteína animal na dieta não era mais para mim, porém continuava a comer um pouco de processados e açúcar branco diariamente. Sabe aquele chocolate depois do almoço? Eu me rendia a ele e também comia muito pão.

Em 2018 comecei a ter eczema (uma inflamação aguda ou crônica na pele, que causa coceira, inchaço, bolhas e vermelhidão) no cantinho do meu polegar. Ela aparecia e sumia, então eu acabava não me preocupando muito com isso. Porém, em 2019 eu tive uma crise muito grande, que atacou boa parte do meu corpo, principalmente minhas mãos, que queimavam tanto que me acordava no meio da noite. Ali, eu percebi que estava super inflamada e finalmente fui buscar ajuda. Quando eu cheguei no consultório do dermatologista, uma clínica famosa em Nova Iorque, ele não tinha grandes soluções a longo prazo para tratar a eczema, apenas remédios para curar os sintomas – mas não a causa.

Foi neste processo de curar minha eczema que eu entendi melhor a conexão entre o que comemos, o corpo e a nossa mente. Me consultei com médicos holísticos e uma naturopata maravilhosa, também praticante de ayurveda, e aprendi que estamos cercados de toxinas. Essas substâncias prejudiciais estão em perfumes, produtos de limpeza, velas perfumadas e na nossa comida, por conta de  todos os herbicidas e preservativos químicos existentes nos alimentos processados. Tudo isso está sobrecarregando o nosso corpo ao ponto que, estamos tão inflamados, que lançamos toxinas que o nosso fígado não consegue mais armazenar no nosso sangue, causando então, no meu caso, a eczema.Em 2019 tomei a iniciativa de fazer diversos tipos de detox e resolvi abolir ovos, glúten, açúcar, priorizando sempre os alimentos integrais e orgânicos. Fiz detox para retirar metais pesados no meu corpo com ervas e alimentos específicos.  Me dediquei completamente e raramente eu “saia da linha”. Durante esse processo, observei que quando eu fazia detox supervisionados pela minha médica, eu sentia o meu corpo limpar, minha mente ficava calma, a concentração aumentava e raramente eu saia do meu equilíbrio. Quando eu dava umas ‘escapadas’ e comia um docinho, um pedacinho de alguma coisa, o meu corpo rejeitava na hora, e, às vezes, era questão de horas até a eczema aparecer em algum lugar do meu corpo.Para estarmos bem de verdade, temos que focar em todos os aspectos que nos fazem ser Ser Humano. Temos que cuidar do corpo, com exercícios físicos,e dar o combustível ideal (mais alimentação integral, menos açúcar, processados, álcool, cafeína) para que o próprio corpo mantenha o equilíbrio.

Temos que cuidar da mente, com yoga e meditação para ensinar a nossa mente que ela está aqui para nos ajudar a experienciar e construir a realidade que vivemos. E claro, temos que cuidar da nossa alma, com yoga, meditação, devoção e conexão com a natureza e a nossa espiritualidade. Nunca foi tão essencial na nossa existência cultivar o nosso ser por inteiro.Para exemplificar, compartilho com vocês como ficou minha rotina pela manhã:1. Assim que eu acordo, tomo 460 ml de água com meio limão amarelo;2. Faço a minha sadhana (prática espiritual) de, no mínimo, 1 hora. Se você não tiver tempo de fazer a sua sadhana, espere pelo menos 15 minutos até tomar o suco de salsão;3. Tomo 460 ml de suco de salsão puro, sem água;4. Espero entre 15 e 30 min;5. Tomo meu café da manhã com frutas e granola caseira ou a batida detox de metais pesados do Medical Medium. Quando eu não tomo a batida detox pela manhã, eu tomo a tarde. Além disso, existem várias práticas de Kundalini Yoga próprias para ajudar no processo de Detox. Você pode encontrar algumas no meu canal do de YouTube. Espero que esse artigo desperte em você a curiosidade e quem sabe no seu tempo, você pense em adotar novos hábitos alimentares que possam contribuir para um bem-estar completo, cuidando do corpo, mente e alma.

Sat nam!

*Daniela Mattos é escritora e instrutora de yoga e meditação em português e inglês para adultos e crianças. Especializada em Kundalini Yoga, possui certificação de yoga infantil pelo Radiant Child Yoga com a Shakti Khalsa, Reiki 1 e 2 com o Mestre Brian Brunius e Cursos de Astrologia com a Rebecca Gordon em NYC. Também possui Bachelor of Science em Biotecnologia pelo Rochester Institute of Technology.

@danielamattos_yoga

Continua após a publicidade

Publicidade