7 passos para fazer uma salada perfeita

Quer preparar uma refeição saborosa e nutritiva? Nós revelamos os alimentos que não podem faltar no seu prato

Ela é a principal aliada quando a gente quer perder peso – afinal, existem opções nutritivas e que saciam a fome. Além disso, estudos revelam que as pessoas que comem frutas e hortaliças tendem a consumir menos carnes, gorduras saturadas e carboidratos refinados. Ótima pedida, não?

 Mas, então, qual é o segredo para fazer uma salada perfeita? “Aliar prazer e saúde na mesma refeição”, revela a nutricionista Elizabeth Vargas, da empresa Unilever. Para aumentar o consumo no dia a dia, outra dica é diversificar o modo de preparo. “Variar o sabor, a aparência e a textura ajuda a aumentar a aceitação pelas saladas. Também é importante usar molhos que dão um toque especial às folhas e legumes”, sugere Elizabeth. Mas, atenção: prefira as opções mais levinhas.

Antes de correr para a cozinha, confira os 7 passos para fazer uma salada perfeita, indicados pela chef Natalia dos Santos:

1. Três folhas, no mínimo
Capriche na quantidade de folhas, pois elas são ricas em fibras e dão saciedade. Algumas opções são alface lisa, frisé, rúcula, agrião e espinafre.

 2. Mais fibras 
A parte de carboidrato do bem pode vir de legumes cozidos ou crus, como cenoura, beterraba, tomate, milho e ervilha – fontes de vitaminas.

 3. Frutas para dar sabor
Quanto mais colorido for o seu prato, mais nutritivo ele será. Por isso, uma boa opção é incluir as frutas no cardápio.  Cítricas, tropicais ou doces? Você escolhe.

 4. Salada completa
Se comer sua saladinha com um grelhado, você pode incluir uma fonte de carboidrato a mais no prato, como batata, grãos e massas integrais. É uma combinação completa em nutrientes, além de dar mais  saciedade – você vai sentir menos fome ao longo do dia. 

 5. Mais croc, croc
Experimente acrescentar sementes, frutas oleaginosas e delícias que estalam, como lascas de amêndoas, pedaços de castanhas e nozes. Elas fornecem carboidratos e gorduras saudáveis, além de fibras e minerais.

 6. Não esqueça da proteína
O nosso organismo tem uma dificuldade 30% maior de digerir as proteínas do que processar as gorduras e os carboidratos, o que acelera a queima das gordurinhas estocadas. O nutriente aliado dos músculos ainda prolonga a sensação de saciedade e dá firmeza à pele. Frango, ovo, ricota e kani kama são boas fontes de proteína e combinam bem na salada.

 7. Capriche no sabor
Comida sem tempero é como namoro sem beijo – não tem graça! E não favorece a dieta. Por isso, a sugestão é acrescentar a uma combinação poderosa de temperos e molhos para deixar a sua refeição mais do que incrível.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s