As melhores (e piores!) bebidas para o pré-treino

Está na dúvida entre o smoothie e o isotônico? A gente revela as melhores opções para você apostar antes do treino

Nem sempre a gente associa energia baixa a desidratação. Mas é o que acontece quando você vai malhar sem beber água suficiente (no mínimo 600 ml até uma hora antes). “Com o corpo desidratado, o potencial muscular é menor e o cansaço bate já no começo do treino”, diz a nutricionista Isabella Vorccaro, do Rio de Janeiro. Outro erro é consumir bebidas açucaradas ou de digestão difícil. Evite-as principalmente nos minutos que antecedem os chutes ou as pedaladas iniciais.

TROQUE: smoothies
Quem nunca tomou iogurte e ficou conversando com ele durante a aula? De difícil digestão, as bebidas à base de lácteos costumam provocar desconforto gastrintestinal. “Além disso, o organismo deixa de irrigar os músculos para direcionar o fluxo sanguíneo para a região do estômago”, afirma Isabella.

POR: água de coco batida com whey (proteína isolada do soro do leite), de uma hora e meia a uma hora antes do treino.

TROQUE: isotônicos
Eles foram criados para repor energia (são ricos em sacarose) e os sais minerais perdidos em atividades de longa duração (maratonas, corridas de aventura). Por isso não são adequados para serem consumidos antes da sua série de musculação ou aquela caminhada de 30 minutos na esteira.

POR: suco de beterraba. Rico em substâncias que oxigenam as células, ele aumenta a performance.

E mais: lanches para antes e depois da malhação

TROQUE: sucos de caixinha
Se você adora tomar um suquinho no caminho da academia, evite as opções com açúcar. Elas provocam um aumento brusco de glicose no sangue e, em seguida, uma queda repentina – o contrário do que se busca no treino.

POR: suco de fruta natural ou suco verde com o acréscimo de fibras (farelo de aveia, chia, linhaça batida, amaranto, biomassa de banana verde).

TROQUE: bebidas gaseificadas
Você ainda não conseguiu se livrar do refrigerante? Pelo menos nos dias de treino, nem chegue perto. O gás provoca estufamento e desconforto abdominal. “Sem falar que o açúcar da bebida provoca picos de glicose e causa acidez extrema do pH, o que pode favorecer uma série de doenças”, alerta a nutricionista.

POR: chá ou suchá (suco de melancia batido com chá de hibisco, por exemplo).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s