Estudo: falta de luz e de calor contribui para o ganho de peso no inverno

Ver o ponteiro da balança subir na estação fria nem sempre a culpa é só do chocolate quente

Por Manuela Biz e Amanda Panteri - Atualizado em 14 jul 2018, 13h28 - Publicado em 14 jul 2018, 06h01

O friozinho não é muito animador para um passeio à beira-mar, mas não fuja do sol de inverno. A falta de luz e calor na pele contribui para você engordar nessa época do ano, segundo estudo da Universidade de Alberta, no Canadá. Viu? Nem sempre a culpa é do chocolate quente.

“Ainda não existe um consenso, mas sabe-se que a falta de vitamina D, que é ativada pela luz solar, está ligada ao aumento da gordura corporal”, diz Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem).

Não só isso: como nos dias frios o período de luminosidade é menor, o ciclo circadiano, que controla a grelina e a leptina (hormônios responsáveis pela sensação de fome e saciedade, respectivamente), fica alterado – daí aquela fome extra típica de inverno. Então nada de perder a hora da academia para ficar mais cinco minutinhos debaixo das cobertas.

Publicidade