Ashley Graham, modelo plus size, recebe críticas por compartilhar treino no Instagram

Em resposta, ela postou uma foto com a seguinte legenda: “É o meu corpo. Eu decido o que fazer com ele”.

Por Redação Boa Forma Atualizado em 22 out 2016, 19h41 - Publicado em 4 ago 2016, 11h43

Quando o assunto é modelo plus size, Ashley Graham já se tornou uma referência – tanto por seus trabalhos (ela foi capa da revista americana Sports Illustrated), como pelos protestos que realizou com o objetivo de defender as mulheres curvilíneas. Contudo, uma foto publicada em seu Instagram recentemente causou polêmica: seus seguidores acharam que a modelo estava “mais magra” e tinha sucumbido às pressões da indústria e padrões de beleza.

Em resposta, a modelo publicou uma foto com a seguinte legenda: “É o meu corpo. Eu decido o que fazer com ele”. A imagem que atraiu a reação tão violenta mostra Ashely de lado, usando um conjunto de saia e blusa e uma jaqueta preta.

 

View this post on Instagram

Glam squad magic 💕

A post shared by A S H L E Y G R A H A M (@ashleygraham) on

Em uma carta aberta para o site Lenny Letter de Lena Dunham, criadora da série Girls, ela comentou o ocorrido. “Sou modelo há dezesseis anos, eu sei os meus melhores ângulos. Assim como qualquer pessoa, tenho os meus filtros favoritos, truques de iluminação e lados que favorecem. Eu escolho as fotos que mais gosto para postar. As pessoas estão me criticando por malhar ou pelos cliques em que apareço mais magra. Isso só mostra como as mulheres continuam denegrindo a imagem alheia por causa da aparência.”

Associar um corpo com sobrepeso a uma vida sedentária é uma ideia ultrapassada. Você pode ser ativa e, mesmo assim, ter um percentual de gordura mais elevado. Se esse for o seu caso, experimente o treino que a BOA FORMA montou exclusivamente para a mulherada que ama se mexer, ainda que esteja um pouco distante do IMC ideal:

Continua após a publicidade
Publicidade