Home Office: Qual a importância das pausas?

Micro, regulares e longas pausas podem ser a chave para um trabalho mais produtivo

Por Amanda Ventorin Atualizado em 18 nov 2020, 20h22 - Publicado em 26 nov 2020, 09h00

Com a nova realidade do isolamento social tomando conta de 2020, muitos setores tiveram que se adaptar ao home office de maneira repentina e sem instrução alguma. A jornada de trabalho se tornou mais extensa e cansativa, além de mostrar que é muito mais difícil se concentrar dentro de casa, apesar do conforto. E é aí que as micro, regulares e longas pausas podem fazer toda a diferença na sua produtividade e saúde mental, quando falamos sobre trabalhar de casa.

“Com a pandemia, o home office se transformou profundamente. Parece para alguns que ele praticamente virou a regra. Mas a verdade é que Brasil não tem tantos postos de trabalho que permitam o home office. Só cerca de 22 a 23%, a maioria relacionada a trabalhos já relacionados com o computador, cargos de gerência e superiores. Para esses, a experiência de trabalhar todos os dia em casa foi nova para a imensa maioria”, comenta o psiquiatra Dr. Luiz Scocca.

Para que esse novo modelo de trabalho não se torne exaustivo, privando de momentos de lazer ou descanso, é importante estabelecer regras.

Home office: regras para uma jornada de trabalho saudável

Defina um horário em que você ira trabalhar. Como não há superiores supervisionando nesse modo, a tentação ou a necessidade de trabalhar sem parar pode acabar comprometendo grande parte do seu tempo, que deveria ser destinada para outras coisas, como o autocuidado.  Ao estipular horário de início e fim da jornada de trabalho, você evita uma sobrecarga, tendo tempo para fazer coisas de seu agrado e descansar para o dia seguinte. Do contrário, o estresse prejudicará rapidamente a sua vontade de trabalhar em casa.

Escolha o ambiente adequado. A escolha do ambiente também pode interferir na nossa produtividade e conforto na hora do trabalho: escolha um cômodo com poucas distrações, organizado e de preferência silencioso, tornando aquela a sua zona de produtividade. “A escolha das cores de tinta certas para o seu escritório em casa também podem ajudar a estimular sua criatividade e produtividade. A cor verde, por exemplo, está associada ao crescimento e à determinação, gerando sentimentos de calma”, afirma o psicólogo Dr. Yuri Busin.

Continua após a publicidade

Mas e as pausas?

Elas são o principal fato que ajudarão no foco. A atenção geralmente não dura muito mais que 50 minutos. Recebemos diversos estímulos ao mesmo tempo, além do desgaste, o que pode tornar ainda mais difícil esse período. Então fazer pequenas pausas de 5 ou 10 minutos irão ajudar, pois fazem com que a mente relaxe para voltar a focar. Nossa mente precisa de um tempo de descanso daquilo que está diretamente se concentrando enquanto processa as informações, facilitando o processo de assimilação, fazendo com que desenvolva seu trabalho de maneira mais eficaz. 

Nossa mente precisa de descanso enquanto processa as informações, facilitando o processo de assimilação.

“Concentre-se para fazê-las efetivamente. Cerca de 3 pausas de 10 a 15 minutos durante uma jornada de 8 horas é o mais comum” afirma o psiquiatra Dr. Luiz Scocca.

Há também diversas técnicas quando se trata do foco, como a de Técnica de Pomodoro, onde você deve focar na função por 25 minutos tendo um breve intervalo de 5 minutos, e a técnica de mindfulness recomendada pelo psicólogo Yuri Busin conhecida como Pausa Transicional. Ela tem como função ajudar a focar melhor a atenção entre uma tarefa e outra. A ideia é fazer uma rápida meditação nas pausas, ótima para o trabalho. Veja como fazer:

  • Você deve se sentar, procurando uma posição confortável, fechando os olhos.
  • Comece a se concentrar na atividade anterior que você estava realizando, deixa sua mente aberta e não reativa, se mantendo nesse processo por 1 minuto.
  • Preste atenção na sua respiração e no seu corpo.
  • Não se preocupe em manipular sua respiração, apenas deixe que ela seguir seu ritmo e foque-se nas suas sensações, como em sua mão e pés.
  • Neste momento se sua mente tentar focar em outra coisa volte sua atenção!
  • Logo pense na sua próxima atividade, o que será mais importante? Como deve fazer?
  • Finalize com três respirações.

Aparelhos eletrônicos durante a pausa

Evite eletrônicos ou redes sociais durante seu período de descanso. Já se recebe tanto estimulo durante a jornada de trabalho em frente ao computador, que o melhor para seu corpo – e mente- nesses momentos é se afastar. Praticar meditação, preparar um lanche, ler um livro ou apenas descansar os olhos podem ser maneiras eficientes de aproveitar esse tempo.

E não se esqueça: programe suas pausas. Não é saudável esperar até que se sinta cansado ou esgotado para realizar uma. A disciplina é um fato crucial no home office e isso inclui saber o momento de descansar.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade