17 dicas da ciências para um sexo melhor

Separamos algumas dicas -- apoiados por estudos -- para ter uma vida sexual mais satisfatória

Por Camila Gomes (colaboradora) Atualizado em 6 abr 2021, 13h19 - Publicado em 1 Maio 2021, 09h00

Durante o ato sexual, o fluxo sanguíneo e a frequência cardíaca aumentam significativamente causando uma contração no corpo seguido de profundo relaxamento — esse é o orgasmo. Parece simples, mas um estudo recente da escola Prazerela mostrou que apenas 36% das mulheres conseguem ter um orgasmo durante o sexo.

Com exceção de alguns casos de condições físicas ou hormonais, a dificuldade de chegar ao clímax está associada a fatores emocionais diversos.

O tempo médio para atingir o orgasmo, quando todas as condições são favoráveis, é de mais ou menos 8 minutos

O tempo médio para atingir o orgasmo, quando todas as condições são favoráveis, é de mais ou menos 8 minutos, mas há quem demore de 10 a 20 minutos. As sensações podem durar de  6 a 10 segundos porém, segundo a ginecologista e especialista em sexologia Tatielle Teixeira Lemos, do Órion Complex, algumas mulheres podem gozar por até 20 segundos. “O segredo é se entregar e não ficar pensando muito”. 

Ela também explica que não há receita para o prazer e o melhor caminho é o autoconhecimento. Mas há alguns “métodos” comprovados pela ciência que são mais eficazes.

Confira:

1. Faça sexo de manhã

Boa desculpa para acordar cedo e uma ajuda e tanto para passar o resto do dia bem-disposto: transar de manhã libera o dobro de oxitocina (conhecida como hormônio do amor) do que em outro momento do dia, como já foi demonstrado em estudos.

2. Mergulhe nos textos eróticos

Muito além de 50 Tons de Cinza, a literatura está repleta de obras ótimas para apimentar o sexo. A Casa dos Budas Ditosos, de João Ubaldo Ribeiro, conta as histórias de uma mulher de 68 anos que passa a limpo a sua vida sexual. O clássico O Amante de Lady Chatterley, de D. H. Lawrence, narra as aventuras sexuais de uma mulher casada e foi polêmico nos anos 1920, mas até hoje é referência no gênero. Do mesmo período, Trópico de Câncer, de Henry Miller, foi censurado em vários países mais um motivo para ler, não?

(Confira os links para compra abaixo)

3. Explore seu telefone

Com smartphones que acumulam cada vez mais funções e aplicativos criados para praticamente todos os fins, seria um desperdício não aproveitar a tecnologia para dar um up no sexo. O Dirty Truth or Dare (para iPhone e Android) é uma espécie de jogo da verdade para brincar a dois; o Sex Dice (para iPhone e Android) traz um dado virtual que sugere posições diferentes e ótimas para fazer você chegar lá; e o LovePalz (para iPhone, Android, e Windows Phone) facilita o sexo à distância quando você está longe.

4. Pense naquilo

Sabe quando você está de dieta e só de imaginar um doce já começa a salivar? Com sexo é a mesma coisa. Pensar no assunto no trabalho, na rua ou no banho estimula o desejo e faz com que a experiência fique ainda melhor quando for concretizá-la.

5. Escute a música certa

Uma trilha sonora é capaz de esquentar ou esfriar sua noite romântica. No tom certo, cria o clima, ajuda a relaxar e faz o sexo durar. Monte playlists sexy com faixas pensadas para antes, durante e depois de transar. Faltam ideias? Experimente Norah Jones, Cat Power, Ella Fitzgerald, Marvin Gaye…

6. Valorize a rapidinha

Casal apaixonado na cama
nd3000/Thinkstock/Getty Images

Você está cheia de tesão, mas atrasada para uma reunião? Não deixe o prazer para depois. É verdade que preliminares extensas são uma delícia, mas aquela transa que não dá nem tempo de tirar toda a roupa também tem seu valor.

7. Aprenda a fazer um striptease de verdade

Depois de escolher uma trilha sonora sexy, comece dançando e sempre olhando nos olhos do seu parceiro, mas sem tocá-lo. Tire as peças devagar (escolha aquelas fáceis, sem muitos fechos ou botões!), intercalando com mexidas no cabelo e na nuca. Vale rebolar com sensualidade e até usar uma cadeira à la Britney Spears no clipe de Stronger. Por último, deixe que ele tire sua calcinha. Para quem gostou da ideia, é possível achar cursos de striptease em várias cidades do país.

Continua após a publicidade

8. Esqueça a celulite

A única pessoa que se preocupa com as pequenas imperfeições do seu corpo na cama é você. Segundo o especialista Ian Kerner, autor do livro Os Segredos do Orgasmo Feminino, na hora do sexo os homens estão tão intoxicados pela mistura de hormônios e prazer que jamais vão reparar em estrias, furinhos no bumbum ou barriguinha saliente.

9. Não se distraia

Mesmo sendo divertido e um jeito de relaxar, sexo pede concentração. Com o celular tocando e a cabeça no que você tem que resolver amanhã, fica fácil perder o foco e difícil chegar aonde você quer. Crie um clima e pense só em vocês, na conversa, na comida, na música…

10. Livre-se dos tabus

Coloque em prática o clichê de que tudo pode entre quatro paredes e realize suas fantasias mais picantes, preocupada apenas com seu prazer e o do seu parceiro.

11. Seja carinhosa fora da cama

Casal cirurgia bariátrica
monkeybusinessimages/Thinkstock/Getty Images

Com o passar do tempo, muitos casais acabam deixando de lado gestos de afeto no dia a dia, mas que são fundamentais para manter o vínculo romântico. Fazem sexo, mas esquecem o beijo apaixonado do começo do namoro. Tome a iniciativa e demonstre carinho sem precisar de motivo especial pode ser o começo de uma noite bem quente.

12. Veja uma sessão sexy de cinema…

Filmes eróticos são ótimos para assistir a sós e a dois. Em 9 1/2 Semanas de Amor, Mickey Rourke e Kim Basinger passam o filme realizando suas fantasias sexuais. Em Pecado Original, Angelina Jolie e Antonio Banderas protagonizam cenas para lá de quentes.

13. …mas esqueça os clichês pornôs

Nesse tipo de filme, todo mundo chega ao orgasmo em dois tempos e é só olhar para o ator sem roupa que a atriz sobe pelas paredes. Pode ser uma sessão bacana para esquentar o clima a dois, mas não se prenda às atuações performáticas, posições acrobáticas e aos gemidos sonoros.

14. Conheça seu corpo

Sabe aquela história de que é preciso amar a si mesma para ser amada por alguém? Isso inclui o seu corpo. Gostando dele e sabendo de que precisa para sentir prazer, fica mais fácil comunicar ao parceiro e terem mais prazer na cama. Se masturbar é o melhor jeito de chegar lá, sem vergonha. Quer mais um motivo? Você queima até 50 calorias por “sessão” de masturbação.

15. Faça amor com humor

Além de boa rima, é uma combinação perfeita. Se algo saiu do roteiro no sexo um dos dois caiu da cama, fez um barulho estranho, teve cãibra , o bom é levar na esportiva sem perder o ritmo. No fim, vocês criam intimidade e ganham um motivo para rirem juntos.

16. Não banque a atriz

Tudo bem que, assim como todo homem já brochou uma vez na vida, toda mulher já fingiu o orgasmo algum dia. Mas não é por isso que está liberada para repetir a mentira toda vez que estiver cansada, a fim de terminar a transa ou de agradar o parceiro. Quem sai perdendo é a intimidade de vocês. Achando que você gozou, seu parceiro pensa que está acertando para fazê-la feliz e você fica sempre a ver navios.

17. Vá às compras (online)

Foi-se o tempo em que sex shops eram lojinhas com atmosfera proibida, que vendiam objetos de gosto duvidoso. Hoje, há apetrechos sexuais tão bonitos que dá até vontade de deixar à mostra em casa. As lojas virtuais e butiques eróticas especializadas no público feminino também tornaram muito mais discreta e divertida a experiência de comprar brinquedinhos seja para usar a sós ou acompanhada.

LIVROS ERÓTICOS PARA EXPERIMENTAR

Clique na capa para ser direcionado à compra

Continua após a publicidade
Publicidade