Tudo o que você precisa saber para se tornar uma pessoa da manhã

Ser uma "morning person" não é difícil, mas exige disciplina e clareza de objetivos, já que tudo não passa de repetição de hábitos

Por Marcela De Mingo Atualizado em 19 jan 2022, 15h17 - Publicado em 19 jan 2022, 08h00

Seja em vídeos bastante animados no TikTok ou por meio das belas imagens feitas para o Instagram, você deve saber bem o que é uma morning person: aquela pessoa que faz questão de acordar cedo e cumprir com várias tarefas de autocuidado antes mesmo do café da manhã.

E, se você é como boa parte da população do mundo, olha para tudo isso e pensa que jamais conseguiria ser tão disciplinada assim. Talvez isso seja verdade, mas, acredite, acordar cedo tem muitas vantagens, inclusive biológicas. Longe de nós entrar na onda do discurso impositivo, mas, nos parágrafos abaixo, exploramos como você pode fazer para se tornar uma pessoa matinal. 

As vantagens de acordar cedo

Presença: você sabe estar no aqui e no agora?
Moose Photos/Pexels

Segundo Mariana Nahas, mentora de desenvolvimento humano e expansão da consciência, a sociedade moderna perdeu a conexão com os ciclos da natureza. Primeiramente com os externos (os ciclos do dia e da noite) e, depois, com os internos (os ciclos do corpo). “Nos habituamos a acordar tarde, nos alimentar tarde e, consequentemente, dormir tarde. Porém, acordar cedo é só uma questão de um hábito que se torna difícil de adquirir, pois, quando olhamos à nossa volta, tudo parece se movimentar desta maneira artificial. É como remar contra a correnteza”, explica ela.  

Entra aí um dos benefícios mais conhecidos de acordar cedo: regular o ciclo circadiano, ou seja, o ciclo biológico do copo que, assim como as plantas e os animais, segue o ciclo do sol. Acordar com o sol e começar a se desligar com ele significa fazer com que o seu corpo, seus órgãos internos e até suas produções hormonais, aconteçam de maneira mais natural e adequada, mais ajustada. 

“O ciclo circadiano é responsável pelo controle de luz percebida pelo corpo, regulando a produção de melatonina (responsável pela regulação do metabolismo ao longo do dia e também no auxílio na indução do sono) e do cortisol (auxilia o organismo no controle do estresse e da pressão arterial, reduz inflamações, contribui para o funcionamento do sistema imune e mantém os níveis de açúcar no sangue constantes)”, explica. 

Além disso, o nosso cérebro trabalha por associação de pensamentos e, quando iniciamos o dia com uma rotina de pensamentos saudáveis, planejamento positivo, força de vontade e motivação física, damos um novo tom ao dia e à vida, no geral. 

Continua após a publicidade

Por outro lado, dormir e acordar tarde mexe com todo esse ciclo biológico e até mental, alterando o humor e os níveis hormonais no sangue, colaborando para o estresse, aumentando a inflamação do corpo… Enfim, o exato oposto do que você leu nos parágrafos anteriores. Isso sem contar no poder restaurador (literalmente) que o sono tem, uma função que só é cumprida da maneira correta quando as noites de sonos acompanham, igualmente, o ciclo circadiano

Como montar uma rotina da manhã efetiva? 

Quanto deve variar a frequência cardíaca durante um treino HIIT?
jacoblund/Thinkstock/Getty Images

De acordo com Mariana, o primeiro passo para construir uma rotina da manhã é entender que a vida que você deseja está baseada em pequenos passos que você dá em direção aos seus sonhos de forma cotidiana – e não com um único grande passo, feito uma vez. 

“São pequenas escolhas feitas diariamente”, diz ela. “É preciso entender que essa decisão precisa ser tomada todos os dias de manhã. Isso se chama disciplina e comprometimento com você!”

Para ela, força de vontade é fundamental, mas para a vontade individual ganhar força, é preciso entender o porquê de querer, por exemplo, acordar cedo. “Planeje-se todo o dia a noite e lembre-se do porquê você vai acordar cedo. Tenha clareza dos seus objetivos e confie no seu poder de escolher você”, sugere a mentora. 

Existe uma série de comprovações científicas que mostram como dormir tarde e acordar tarde, mesmo dentro das horas mínimas necessárias de sono (ou seja, 8 horas), pode afetar o nosso desempenho físico, emocional e mental no dia seguinte. 

De acordo com estudo realizado na Universidade da Austrália do Sul, pessoas sem um horário de sono regular têm propensão a ser fisicamente menos ativas, ou sedentárias, do que pessoas com o sono regular. “Assim como dormir tarde também prejudica as funções cognitivas e memória, acordar cedo ativa o corpo para a ação, a mente para a criação e libera hormônios de bem-estar”, diz.

Continua após a publicidade

Publicidade