O que acontece quando você tira a gordura do cardápio

Conheça as mudanças que o seu corpo sofre após uma semana consumindo alimentos com só 1% de gordura

Por Redação Boa Forma Atualizado em 28 out 2016, 16h11 - Publicado em 15 fev 2016, 13h51

Em uma pesquisa realizada na Escócia, 8 participantes foram submetidos ao desafio de cortar do cardápio qualquer alimento com mais de 1% de gordura durante uma semana.

O desafio já começou na hora de fazer as compras, já que pouquíssimos alimentos contém um teor tão baixo de gordura. Iogurtes sem gordura, leite desnatado, flocos de milho, balinhas de gelatina, poucos tipos de peixes, lentilhas, feijões e outras leguminosas eram alguns dos itens liberados na lista do supermercado.

Durante a semana do experimento, as reclamações entre os voluntários aumentaram: “Durmo e acordo com fome”, “Meu intestino não funciona há dias”, “Estou muito mal humorado”.

Ao final da experiência, os participantes declararam que sentiram fome durante o processo, além de inchaço, prisão de ventre e falta de energia. Testes ainda revelaram que a falta de gordura causou o aumento do cansaço e falta de atenção em todos.

As gorduras, apesar da má fama, têm uma importância vital no funcionamento do corpo, já que é uma das três fontes básicas de nutrientes e ela que faz a manutenção do calor corporal e mantém a produção de hormônios femininos e masculinos. Ela só precisa ser de forma moderada e provenientes dos alimentos certos – as do tipo insaturadas. Para não ter dúvida na hora incluir no seu cardápio, veja uma lista das cinco melhores opções.

Continua após a publicidade
Publicidade