A corrida ajudou esta mulher a emagrecer 45 kg e virou sua grande paixão

A americana tinha um objetivo e, independente das falhas, não ia desistir. Conheça a história dela e inspire-se a mudar o seu estilo de vida

Em 2014, Rebecca Grafton pesava cerca de 111kg. Com uma viagem para a Jamaica marcada, a americana decidiu que queria sair bem nas fotos de férias, e em combinação com uma dieta balanceada se envolveu em uma atividade que não era a sua preferida: a corrida. A escolha se deu pela sua facilidade, era só calçar o tênis e subir na esteira. Se estava difícil, é por que deveria estar funcionando, ela pensava. “Eu me lembro muito bem de um treino que fiz no início da minha jornada. Eu chegava a correr 15 minutos e, em seguida, parava e andava. Um dia, eu corri 15 minutinhos e pensei que poderia continuar. Resultado: fiz 30 minutos sem parar. Isso foi um progresso enorme para mim, fez com que eu me sentisse empoderada”, contou à revista Self.

Veja também: Fitgirl posta fotos para mostrar que a balança representa só um número

Até a data da viagem, Rebecca perdeu 13 quilos e decidiu que queria continuar; seu objetivo era perder mais 11. “Eu apenas decidi que não importava quantas vezes eu falhasse, desistir não era uma opção”, afirmou.

E mais: 3 passos para se apaixonar pela corrida

Ela continuou firme na rotina de exercícios e até se inscreveu para algumas corridas, começou com 5 quilômetros e finalizou uma meia maratona! Em janeiro de 2016, Rebecca atingiu uma marca incrível: menos 45 quilos na balança. Agora, ela inspira, através de sua página no instagram (@mygirlishwhims), outras pessoas a manterem um estilo de vida saudável e até está pensando em se inscrever para uma maratona. Uma mulher cheia de #atitudeboaforma!

 

View this post on Instagram

#TransformationTuesday It’s such an amazing feeling to finally be proud of the girl I see back in the mirror. I’ll admit it: when I was 246 pounds I was not living life to the best of my ability. I was lazy. I was complacent. I was not trying to be the best version of me that I could. Making the choice to take control of my health inspired me to want to LIVE! No: you cannot lose 100 pounds by being lazy, but after you make it your lifestyle it becomes a habit. It really wasn’t that hard for me to find time to fit in an hour workout every day when I just decided to prioritize what was important! It wasn’t that hard to change the types of food I was cooking and eating. Try new things! I had never cooked fish before, I had never wanted to try weird vegetables before. I tried squash for the first time at 24 years old and I’m freaking obsessed with it now 😋 I stayed committed and was successful in losing over 100 pounds and it has truly changed me for the better. I’m proud of all the hard work I put in to get here and want you to know if you feel stuck and unhappy that it IS POSSIBLE to change, it is possible to be successful with weight loss, it is possible to be proud of yourself 🙌🏻💕 #weightloss #weightlossmotivation #weightlosstransformation #weightlossjourney #weightlossinspiration #fitfam #fitnessmotivation #fitspo #fitspiration #fitstagram

A post shared by Rebecca Grafton Bardwell (@mygirlishwhims) on

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Boa noite,
    Traabalho na Imobiliária REILAR. Temos carteira de clientes para compra de terrenos urbanizados nos
    arredortes de Lisboa, Oriental. Perguntamos da viabilidade de fornecimento de casas pré- fabrcadas com qualidade e conforto.

    Para disponibipizar aos nossos clientes prexisamos de catálogos de modelos, tipos
    de preçários, praazos de construção e formalidades legais.

    Se foor do vosso interesse, agradecemos a informação possivel

    Curtir