O que é constelação familiar, terapia oferecida gratuitamente no SUS

Incluída em 2018 nas práticas alternativas do SUS (Sistema Único de Saúde), a terapia em grupo ajuda a entender e resolver problemas do passado ou atuais

Sabe quando algo (“Adoro meu trabalho, mas não suporto meu chefe, minha função nem meus colegas”) ou alguém (“Só lembro que meu ex existe quando olho suas redes sociais”) estão fazendo mal, mas só você não vê? Colocar-se no lugar de quem está de fora da situação é a proposta da terapia de constelação familiar para que você consiga “enxergar” o que está emperrando (e pesando) na sua vida.

Incluída este ano no menu de práticas alternativas do SUS (Sistema Único de Saúde), a técnica ajuda a entender e solucionar aqueles problemas do passado ou atuais, familiares ou profissionais. Como funciona: se você é a constelada (paciente), escolhe, entre os voluntários, quem vai representá-la e o seu problema (dinheiro, trabalho, comida…) ou grupo social – mais ou menos como acontece nas sessões de psicodrama.

Veja também

O constelador (terapeuta) orienta os “atores” a interpretar sua história de acordo com o que sentem no momento – nada é combinado antes. “O objetivo é que, ao assistir à representação da sua vida, você consiga identificar a causa da queixa levada para
 a sessão e, com isso, possa superar ou resolver bloqueios, traumas e angústias”, explica a terapeuta holística e consteladora Theodora Passos, de Santos (SP).

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Segundo ela, as chances de que você saia da sessão resolvida (“Pensando bem, vou mudar de emprego”)
 ou pelo menos mais confiante (“Não faz mais sentido seguir meu ex no Face”) são grandes!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. O que é “Constelação Familiar”? É pseudociência. Não há nenhuma base científica que prova que essa terapia funciona. Aliás, reparem uma coisa, tudo o que “terapeuta holítistico” põe a mão e pode trabalhar “profissionalmente” no mundo da “terapía alternativa”, é pseudociência. Nesse país tem muio disso. Ah, as pessoas gostam? Claro, vão lá, fazem um teatrinho, às vezes choram, compartilham experiências, recebem atenção que não têm em casa, é um evento social. Mas e daí? Esse portal, se diz trabalhar com saúde, precisa ser mais responsável na divulgação do que é ciência de verdade, para o bem de todos. Ou vão começar a indicar reza, água benta e mac_umba para problemas de saúde?

    Curtir

  2. O que é extremamente preocupante é o SUS se permitir tantas terapias alternativas. Não tem ninguém que saiba o que é ciência médica de verdade no Ministério? Não será surpresa se daqui a pouco o SUS oferecer o serviço de aconselhamento piscológico por cartomantes. Esse país está virando um atraso, uma chacota mundial.

    Curtir