Como deve ser seu treino a cada fase do ciclo menstrual

Entenda como a menstruação afeta seu rendimento e saiba apostar nos exercícios certos para cada período do mês

Por Daniela Bernardi Atualizado em 11 mar 2021, 14h09 - Publicado em 19 mar 2021, 09h00

Todo mês ela dá as caras: às vezes, manda um aviso prévio em forma de espinhas e, como um hóspede inconveniente, fica de três a cinco dias para depois ir embora com uma promessa de voltar em breve. A menstruação até pode ser bastante desconfortável para quem pratica atividade física, e muitas pessoas sequer sabem se devem ou não continuar sua rotina de exercícios durante a menstruação. Só que a boa notícia é que, não somente pode, como as semanas seguintes representam a melhor época para você aumentar a intensidade do seu treino e conquistar mais resultados. Por isso, te explicamos sobre como deve ser seu treino a cada fase do ciclo menstrual.

UMA QUESTÃO DE HORMÔNIOS

“A maior quantidade de estrogênio e testosterona presentes no organismo após a menstrução interfere positivamente na sua disposição e favorece a construção da musculatura”, diz o educador físico Disnei Sanches, diretor técnico da Competition Training Gym, em São Paulo. Ou seja, nos 14 primeiros dias do ciclo, você deve pegar mais firme na academia, apostando em sequências HIIT e em exercícios com cargas maiores.

O estrogênio e testosterona elevados durante a menstruação favorecem treinos de força

Já, após a ovulação, quando os níveis desses dois hormônios despencam e a progesterona domina o organismo (ela prepara seu corpo para a menstruação), é normal que seu rendimento não seja mais o mesmo. Uma pesquisa realizada pelo Female Athlete Health Group, nos Estados Unidos, com mais de mil corredoras, constatou que um terço delas tem o desempenho afetado pelo ciclo. “A mulher realmente fica com menos energia e deve fazer treinos moderados com intervalos mais longos”, ressalta Disnei.

Agora, quando estiver chegando ao fim do ciclo, reserve a última semana para sessões regenerativas (bem leves e com pouco peso). “A atividade física moderada consegue amenizar alguns sintomas da TPM, como cólica leve e mudança de humor”, diz o ginecologista e médico do esporte Renato Zucchi, da Clínica Zucchi, em São Paulo. “Porém, se os incômodos forem muito fortes, o exercício pode piorá-los.”

Anotou tudo? Fique de olho na sua tabelinha:

O que acontece no ciclo menstrual

Continua após a publicidade

Publicidade