Os hábitos fitness que ajudaram Patrícia Poeta a secar 10 kg

Ballet fitness, jazz, samba, surfe e musculação fazem parte do treino da jornalista

Por Alessandra Medina (colaboradora) Atualizado em 30 abr 2017, 14h35 - Publicado em 29 abr 2017, 07h00

A paixão pelo exercício começou cedo. Da infância à adolescência,  Patrícia se aventurou no balé, jazz, ginástica artística, vôlei e  handebol. Quando Felipe nasceu, aprendeu a jogar futebol só para  bater uma bola com o menino, hoje com 15 anos. Depois, para passar  mais tempo com Pipo, como ela o chama, começou a ter aulas de  tênis em dupla. Mais recentemente descobriu a dança. Alterna balé fitness, jazz e stiletto. Mas sua modalidade preferida é o samba,  que melhora o condicionamento físico e trabalha pernas, bumbum e  abdômen. “No começo, Patrícia sofreu um pouco com o ritmo puxado,  mas hoje já é quase uma passista”, elogia a professora Carla Campos,  do Studio Samba Fit, no Rio de Janeiro.

Veja também: Patrícia Poeta usa esses truques para ter motivação extra

Para Patrícia, praticar exercícios físicos com regularidade é a  maneira mais simples de prevenir doenças no futuro. Há alguns anos,  ela se queixa de dores na cervical e falta de equilíbrio. Após um teste  clínico, a recomendação foi fortalecer o core, o centro de força  do corpo. “Nosso treino também tem como objetivo enrijecer a  musculatura e ganhar massa muscular”, diz André Leta, personal  trainer da jornalista. O plano é fazer musculação duas vezes por  semana. Mas a apresentadora é gente como a gente e também tem  preguiça de malhar às vezes. “Nesses dias, ele diz que vai fazer um  treino express e, no final, acabo cumprindo todas as séries e saio feliz  por não ter faltado”, confessa. Quando a agenda não permite, o jeito  é aproveitar qualquer tempo livre no fim de semana. “Calço o tênis  e vou correr na orla ou chamo uma amiga para caminhar na praia.”

Com tantos exercícios físicos no currículo, só faltava mesmo  experimentar o surfe, paixão de seu filho. “Nunca fui fã de água.  Até sei nadar, mas só o suficiente para não me afogar”, diz Patrícia.  A história mudou num fim de semana em Angra dos Reis, no litoral  fluminense. Ela fazia stand-up paddle quando o menino lançou o  convite. Entre muitos tombos, ficaram mais de uma hora juntos sem  perceberem. No final, Pipo soltou uma frase que a marcou: “Ele disse  que sonhava com aquele dia havia uns cinco anos, que queria muito  poder dividir aquele momento comigo”, conta ela. Apesar de ainda  não se aventurar em mares agitados, a apresentadora adora encarar  as ondas. “Entendi a paixão do meu filho pelo mar. Dá uma sensação  de liberdade muito grande e saio da água energizada. Isso sem  falar que é um exercício puxado, né? Nas remadas, você trabalha  os músculos dos braços, ombros e costas. E, para se manter  em pé na prancha, acaba exercitando pernas e abdômen”, afirma.

E mais: Patrícia Poeta conta o real motivo por que decidiu emagrecer

Na época do Jornal Nacional, como só tinha as manhãs livres para  organizar a vida, acabou comprando um transport. Lia as primeiras  notícias do dia enquanto se exercitava no aparelho. “Agora, que  emagreci, várias amigas da academia disseram que rejuvenesci!  Estou mais disposta, e isso transparece”, acredita.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade