Alongar queima calorias? Quantas?

Confira também os diferentes tipos de alongamento — e como fazer cada um

Por Giovana Santos Atualizado em 24 fev 2022, 23h41 - Publicado em 4 abr 2022, 12h38

Apesar das muitas discussões a respeito, adicionar o alongamento à sua rotina de treinos pode trazer alguns benefícios. Por exemplo, acredita-se que ele ajude a proteger as articulações, a diminuir o risco de lesões e até reduzir os níveis de estresse.

Mas e quanto à queima de calorias: alongar ajuda nesse objetivo? Confira:

ALONGAR QUEIMA QUANTAS CALORIAS?

O alongamento por si só não é considerado uma atividade de alta queima calórica. Uma pessoa de 68 quilos, por exemplo, perderia 2,7 calorias por cada minuto de alongamento. Então, se ela alongasse durante 10 minutos, gastaria 27 calorias.

Contudo, algumas práticas que envolvem alongamentos podem fazer você suar. É o caso da power yoga (ou até do hot yoga!). Um estudo mostrou que elas são capazes de eliminar de 36 a 71 calorias a cada 10 minutos. Para uma hora de aula, isso representaria de 216 a 426 calorias.

TIPOS DE ALONGAMENTO

1

ALONGAMENTO ESTÁTICO

O alongamento estático talvez seja o mais conhecido. Trata-se de manter uma posição por um período específico — como quando nos curvamos para tentar tocar os pés e ficamos assim por alguns segundos.

Continua após a publicidade

Esse método normalmente é realizado antes do treino ou depois dele, como forma de desaquecimento.

2

ALONGAMENTO DINÂMICO

Já o dinâmico envolve movimento gradual e controlado. Ou seja, você alonga e se movimenta ao mesmo tempo — o que pode ser uma ótima forma de aquecer.

3

ALONGAMENTO BALÍSTICO

O alongamento balístico também usa o movimento, mas de forma rápida, chegando à amplitude máxima em pouco tempo. Se feito de forma errada e sem o acompanhamento de um profissional, pode ser perigoso e até gerar o rompimento de músculos, tendões ou ligamentos.

DICAS PARA ALONGAR COM SEGURANÇA

  • Comece devagar. É mais fácil trabalhar em maiores amplitudes à medida que você se adapta ao desconforto dos alongamentos. Além disso, mantenha o movimento controlado;
  • Sinta desconforto ao alongar, e não dor. Se ocorrer o segundo caso, procure a ajuda de um profissional;
  • Mantenha a consistência. O progresso geralmente vem aos poucos.
Continua após a publicidade

Publicidade