Como conquistar o “corpo violão”

Existem maneiras saudáveis de buscar a meta, mas também é preciso alinhar as expectativas

Por Giovana Santos Atualizado em 30 nov 2021, 12h42 - Publicado em 14 dez 2021, 09h21

O famoso “corpo de violão” é um formato corporal que você provavelmente vê muito nas redes sociais. Marilyn Monroe, Kim Kardashian e Jennifer Lopez são apenas alguns nomes que lembramos ao ouvirmos falar sobre o assunto. Entre as brasileiras, podemos citar Anitta, Iza e Luísa Sonza, por exemplo.

corpo violão
Marilyn Monroe é até hoje uma referência para quem busca esse corpo de forma mais natural Donaldson Collection / Colaborador/Getty Images

Um corpo violão nada mais é do que aquele composto por ombros e braços bem definidos, quadril largo (com pernas torneadas) e cintura bem fina.

E apesar de cobiçado por muitas pessoas, ele não é necessariamente sinônimo de saudabilidade e equilíbrio (isso porque vale lembrar que corpo saudável não é o mesmo que magro!).

As próprias celebridades, por exemplo, lançam mão de procedimentos estéticos, contam com os melhores educadores físicos e muitas vezes têm alguém para preparar refeições fit para elas. Isso sem falar na ajuda dos programas de edição de imagem!

Portanto, se o seu desejo é conquistar o corpo violão, precisa saber que existem maneiras saudáveis de buscar a meta, mas também tem que alinhar as próprias expectativas. Isso porque as pessoas nascem com características físicas diferentes, que podem ser melhoradas, mas não mudadas completamente. É o que diz o profissional de educação física, personal trainer e massoterapeuta João Carlos (@jctrainerrj).

QUE TIPO DE TREINO CADA BIOTIPO DEVE FAZER PARA TER O CORPO VIOLÃO

Ainda de acordo com João, são três os principais biotipos humanos:

Continua após a publicidade

  • Ectomorfo: Formato de corpo fino. Pessoas com dificuldade em ganhar peso. “Nesse caso, o ideal é priorizar o treino de musculação para hipertrofia dos membros inferiores, com bastante agachamento e exercícios de glúteos”;
  • Mesomorfo: Geralmente, um corpo mais definido sem precisar de exercícios. “Para esse grupo, é bom conciliar o trabalho de HIIT (intervalado) com musculação”;
  • Endomorfo: Pessoas com facilidade para ganhar peso e com uma estrutura física mais larga. “O treino deve ser voltado para definição muscular combinado com o treino aeróbico.”

UMA ABORDAGEM DIFERENTE PARA CADA ÁREA DO CORPO

Ao aliar as atividades físicas à dieta adequada, é possível tornar o corpo mais curvilíneo dentro do permitido pela sua própria genética. No caso do formato violão, além de levar em conta o seu biotipo, você precisará focar em três pontos:

  • Membros superiores: definição;
  • Cintura: queima de gordura;
  • Membros inferiores: hipertrofia.

Para os membros superiores e inferiores, provavelmente o seu instrutor recomendará exercícios de resistência, como musculação e CrossFit. Já para acabar com a gordura da região abdominal, os aeróbicos e intervalados (como HIIT ou Tabata) são os mais indicados.

TRATAMENTOS ESTÉTICOS

Cirurgia plástica: 6 regras que você deve seguir para que tudo saia bem
nensuria/Thinkstock/Getty Images

O problema é que, quando há perda de gordura por meio da prática de esportes, não é possível dizer para o corpo qual região ele deverá queimar primeiro — ele faz isso de modo mais geral. Por isso, é difícil falar em uma atividade que diminua apenas medidas da cintura. Aí, podem entrar alguns tratamentos estéticos, explica a fisioterapeuta dermato-funcional Juliana Teixeira, proprietária da Clínica Libert (@libertbeleza):

  1. Sonofocus: “Conhecida como lipo sem corte, traz resultados já na primeira sessão”;
  2. Vibrocell: “Endermoterapia vibratória não invasiva que tem por finalidade a redução de edemas, celulite e gorduras localizadas, e ajuda na retenção de líquidos”;
  3. Heccus: “Terapia combinada para a redução de gordura localizada e de celulite em graus avançados. Ele combina ultrassom de alta potência com correntes elétricas de média frequência e correntes elétricas polarizadas. O procedimento acelera o metabolismo do corpo e promove a quebra das células de gordura, ajudando na sua eliminação e melhorando a textura da pele.”

ALIMENTAÇÃO PARA UM CORPO VIOLÃO

Por fim, mas não menos importante, um corpo violão também pede mudanças na dieta. Um acompanhamento nutricional é o mais indicado — isso porque somente um nutricionista saberá calcular as quantidades ideais de cada macronutriente que você deverá ingerir para atingir o objetivo. No mais, também vale prezar por uma alimentação mais saudável:

  • Tente evitar alimentos ultraprocessados: Eles geralmente são ricos em sódio, açúcares e conservantes, que pioram quadros de celulite e promovem o acúmulo de gordura;
  • Reduza o consumo de refrigerantes ou de sucos industrializados;
  • Troque alimentos gordurosos pelas gorduras saudáveis, como as encontradas no azeite, no abacate, nas sementes e nas castanhas;
  • Dê atenção à sua saúde intestinal, com o consumo adequado de fibras e probióticos;
  • Beba muita água durante o dia.
Continua após a publicidade

Publicidade