Abdômen trincado em 20 minutos

Nos últimos meses, você deu tudo de si na aula de HIIT. Os pneuzinhos foram embora, mas ainda falta conquistar um abdômen trincado. Adicione este treino de prancha à sua rotina fitness e brilhe com um core durinho nas fotos de biquíni

Por Daniela Bernardi Atualizado em 4 nov 2016, 04h06 - Publicado em 21 out 2015, 11h33

Depois de detonar as calorias – e conseguir uma cintura fininha –, está na hora de destacar a musculatura do seu abdômen. “Exercícios de prancha são mais completos que o abdominal tradicional porque fortalecem o core por inteiro, o que também inclui a lombar”, diz Brunno Elias, membro da Sociedade Brasileira de Personal Trainers, de Campo Grande. Com isso, você mantém uma postura ereta (ombros abertos e barriga para dentro) e, é claro, fica com uma aparência supermagra – só que sem prender a respiração. Pesquisadores da Auburn University, nos Estados Unidos, compararam a atividade muscular de cada tipo de exercício e concluíram que as pranchas engajam um maior número de grupos musculares (inclusive ombros e quadríceps) e recrutam fibras mais profundas por causa do desafio da estabilidade.

Ponto extra: quando o core está bem trabalhado, pernas e braços ganham força para realizar movimentos dinâmicos (pense na coreografia do balé fitness ou no tiro da corrida). Assim, você otimiza a energia e protege as articulações. Além disso, as pranchas são funcionais. “No dia a dia, precisamos sustentar o tronco o tempo todo, como ao caminhar e nos abaixar, certo? Só que nessa hora não contamos com um apoio nas costas, como acontece com o abdominal no solo”, explica Brunno. Agora, se convenceu, né?

Não espere moleza! Os blocos de pranchas criados pelo personal trainer Brunno Elias vão deixar você bem ofegante. Eles combinam exercícios de estabilização com movimentos dinâmicos. Realize duas vezes por semana – depois de um treino aeróbico ou de recuperação. Faça todos os ciclos do primeiro bloco antes de seguir para o segundo. Não descanse entre os exercícios para manter a frequência cardíaca lá em cima (e ter mais gasto calórico durante o dia)! Pronta? Vamos lá!

Publicidade