Saiba a ordem certa dos exercícios para ter os resultados desejados

Não adianta nada se acabar na academia fazendo exercícios frenéticos e desordenados. A ordem dos fatores altera, sim, o resultado. Anote as orientações do professor Vinícius Coelho, da Academia Iron Box, do Rio de Janeiro.

Por Manuella Menezes (colaboradora) - Atualizado em 28 out 2016, 03h50 - Publicado em 7 set 2014, 22h00

Não é apenas a intensidade e a seleção dos exercícios que interferem no resultado final da musculação. “Também é preciso levar em conta a ordem em que eles são realizados”, afirma o professor. Para você tirar o máximo proveito, siga as orientações a seguir:

Início do treino

Realize movimentos explosivos e de potência, como saltos e levantamentos de carga. “Isso porque eles exigem um controle avançado. Quando o músculo já está fadigado, aumentam os riscos de lesões.”

Durante o treino

Em seguida, faça os exercícios multiarticulares, como agachamento e remada, que, por envolverem grandes grupamentos musculares atuando em conjunto, devem ser executados enquanto todos os músculos conseguem participar de forma relevante no movimento.

Deixe para o final

Por último, vêm os exercícios uniarticulares (centralizados em uma articulação), como os para tríceps e bíceps. “O ideal é que músculos pequenos e localizados sejam trabalhados no final.”

Continua após a publicidade
Publicidade