Piores hábitos fitness que você pode ter adquirido na quarentena

Trocou a academia pela sala de casa? Veja se você não está cometendo estes erros

Por Giovana Santos Atualizado em 27 out 2021, 19h50 - Publicado em 20 nov 2021, 12h00

Treinar em casa traz inúmeras vantagens, mas um risco importante: o aparecimento de lesões. Isso porque com o distanciamento social, ficamos longe dos nossos queridos instrutores, o que pode ter contribuído para a adoção de hábitos fitness (sem perceber) que não são saudáveis para o nosso corpo. Veja quais:

1 – Pular o aquecimento

“O aquecimento é primordial para para lubrificar as articulações e ‘esquentar’ a musculatura, evitando possíveis lesões ao longo do treino ou a longo prazo”, explica a personal trainer Amanda Biuger.

Contudo, aquecer não significa caminhar pela casa, viu? Você precisa preparar o grupo muscular que será exigido na sessão. Então, se for fazer um treino para membros superiores, o ideal é iniciar com alguns agachamentos, por exemplo.

2 – Exagerar na dose

“Os treinos intensos não são realizados da noite para o dia. Geralmente, a pessoa começa devagar, e aumenta a dificuldade à medida que seu condicionamento e sua resistência vão melhorando”, diz a especialista.

Fazer mais exercícios do que o seu corpo aguenta pode gerar dores e lesões nada agradáveis. Sem contar que acaba com a motivação: você fica tão exausto que não quer mais repetir a sessão.

3 – Ignorar as dores

“Nenhuma dor articular deve ser ignorada. O incômodo é um sinal de alerta do corpo de que algo não está certo, podendo significar até um princípio de lesão”, afirma Amanda.

Se você sentir qualquer sofrimento ao executar algum exercício, procure um médico e avise seu professor.

4 – Confiar e se inspirar na/o blogueira/o

“Infelizmente, ainda existem muitas pessoas que se exercitam de forma errada e seguem modelos de treinos que não são elaborados por profissionais”, ressalta a educadora física.

Ainda de acordo com ela, seguir dicas que não foram pensadas para você (seja no treino ou até na alimentação) pode causar danos irreversíveis. Além disso, pode afetar a autoestima: o que funciona para uma pessoa, pode não dar certo para você — e gerar frustração.

Continua após a publicidade

Publicidade