Suplementação: quando é necessário de verdade?

Os suplementos são exatamente isso - a suplementação de uma alimentação que já é saudável -

Por Alice Padilha Atualizado em 29 jul 2021, 11h43 - Publicado em 29 jul 2021, 09h00

De pouco adianta uma rotina de treinos impecável e uma dieta toda bagunçada. E se você pensa em corrigir o problema com os suplementos, deveria reconsiderar. “Tudo começa com uma boa alimentação, com a ingestão adequada de calorias e nutrientes. Depois nós pensamos em suplementos para suprir necessidades que aparecem devido à intensidade do treinamento”, explica Marcella Garcez, nutróloga e pesquisadora em suplementos alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

+ Suplementação de zinco: o que é, para quê serve e quando tomar

Os suplementos devem ser prescritos com o auxílio de um nutricionista e podem ser indicados para pessoas obesas ou com deficiências nutricionais. Quem está em seu peso ideal deve buscar a suplementação apenas se houver alguma queixa (cansaço excessivo, queda de cabelo, piora da qualidade de sono), histórico de problemas articulares na família (artrose e artrite) ou se quiser obter hipertrofia muscular. Nesses casos, o acompanhamento médico também é necessário.

+ Por que apostar nos suplementos para o pré-treino?

Usar suplementos por conta própria pode fazer com que você ganhe peso em vez de perdê-lo no treino. Isso porque cada grama de proteína tem 4 calorias que, se não forem gastas nos exercícios, serão armazenadas como gordura. “Além disso, há risco de alterações na pressão arterial e sobrecarga hepática, circulatória e renal”, pontua Garcez. 

Continua após a publicidade
Publicidade