Os suplementos aprovados pela Anvisa

Se você usa algum tipo de suplemento alimentar, vai gostar de saber que a Abenutri (Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais) lançou o Programa de Automonitoramento para o setor

Por Daniela Bernardi Atualizado em 28 out 2016, 18h28 - Publicado em 30 dez 2015, 11h42

A ideia é verificar por meio de análise técnica e laboratorial se as opções disponíveis no mercado (nacionais e importadas) estão de acordo com a legislação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Os consumidores podem denunciar as marcas suspeitas pelo telefone (11) 2888 7565. Já que você tem papel fundamental nessa história, fique atenta aos rótulos, aos ingredientes e à publicidade divulgada. Já checamos estes:

Divulgação
Divulgação

1. W-Lady, Integralmedica, R$ 149 (907 g).
O blend proteico foi desenvolvido especialmente para as mulheres e reúne colágeno e ingredientes focados na construção e na recuperação musculares.

2. Soup Protein, Probiótica, R$ 17 (três sachês).
Disponível nos sabores carne com legumes e frango com batata-doce, a sopa é uma opção com carboidrato, albumina e whey protein para o intervalo entre refeições e treinos.

3. 100% Soy Protein, Bodyaction, R$ 66.
O whey protein à base de soja pode ser tomado por veganas e pessoas intolerantes à lactose. O combo ainda traz maiores quantidades de BCAA, glutamina e arginina.

 

Continua após a publicidade
Publicidade