O calor deixa sua pele com bolinhas? Saiba como se livrar delas

No verão, essas pequenas irritações são mais frequentes, e nem sempre se trata de acne. Aprenda como tratá-las!

O verão é tudo de bom: bronze, sol, praia e… espinhas? A quantidade de “bolinhas” no corpo realmente aumenta nessa época do ano, e nem sempre se trata de acne. Entenda o que são essas pequenas irritações e, claro, aprenda a se livrar delas.

Braços e coxas

Que atire o primeiro hidratante quem nunca passou a mão na pele esperando sentir uma superfície macia e, em vez disso, encontrou uma lixa. Culpa da queratose pilar, uma condição da derme que acontece quando a queratina acumula no pelo – fator determinado pela genética.

Aspecto

As áreas do corpo ficam ásperas, cheias de bolinhas pequenas e levemente avermelhadas.

Solução

É importante manter a pele bem hidratada. Prefira cremes que contenham ureia na composição (eles são os mais potentes) e aplique algumas vezes ao dia. Creme Corporal de Ureia e Óleo de Semente de Uva, Granado, R$ 60*.

Veja também

Peito, costas e ombros

Nessas regiões, geralmente as bolinhas são o que parecem: espinhas. Elas surgem mais durante o verão porque, com a temperatura alta, as glândulas sebáceas aumentam a produção de sebo. “A acne também é resultado do uso de protetores solares muito grossos, que obstruem os poros”, diz Abdo Salomão, dermatologista de Guaxupé (MG), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Aspecto

Parecem bem inflamadas. As bordas ficam avermelhadas e o centro amarelado, com pus.

Solução

Procure usar filtros oil free, esfolie as áreas no mínimo uma vez por semana e, quando necessário, aplique um gel com ação secante. Sabonete Esfoliante Corporal, Vinotage, R$ 54*.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Glúteos

Nesse caso, as aparências enganam. As bolinhas que surgem no bumbum até lembram acne, mas não são! “Trata-se de foliculite, uma inflamação dos folículos pilosos [onde o pelo é formado]”, diz Abdo. O gatilho da infecção? Bactérias, que se reproduzem por causa do uso de biquínis úmidos, piscinas públicas, saunas e até de roupas muito apertadas.

Veja também

      
Aspecto

Elas ficam vermelhas e, quando inflamadas, com bolinhas brancas na ponta.

Solução

É necessário o uso de um antibiótico tópico para diminuir a comunidade de micróbios. Mas, para prevenir, nada de deixar o banho em segundo plano, ok? “Quanto mais tempo ficar com o corpo transpirando, pior”, alerta a dermatologista Patrícia Mafra, da Clínica Volpe, em São Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Felipe Rocha

    Para foliculite existe o Tend Skin, é tiro e queda! http://www.tendskinbrasil.com.br

    Curtir