7 motivos que provam que Ronda Rousey merece uma revanche

Na última edição do UFC, a americana foi nocauteada pela ex-boxeadora Holly Holm. Mas todo o carisma e talento de Ronda nos fazem acreditar que ela merece outra chance

Na madrugada do último domingo, a americana e ex-boxeadora Holly Holm chocou o mundo ao nocautear com um chute na cabeça Ronda Rousey — até então a detentora do cinturão na categoria peso-galo do Ultimate Fighting Championship (UFC). Holly foi campeã mundial de boxe 19 vezes, em três categorias diferentes e, agora, é a atual estrela do campeonato. Mas assim como Dana White, presidente do evento mais importante de MMA (artes marciais mistas, em português), nós acreditamos que Ronda merece uma revanche. Em seu instagram, a ex-campeã agradeceu o apoio dos seus fãs e disse que vai tirar umas férias do UFC. Mas garante que voltará, para a nossa felicidade.

MOTIVO 1: Ela abriu portas no UFC para mulheres

O MMA feminino já existia antes de Ronda Rousey surgir após abandonar a carreira de judoca. Mas em 2011, a americana venceu a brasileira Ediane “Índia” Gomes no Strikeforce e marcou o início de uma nova era para as mulheres no esporte, que hoje atrai milhares de pessoas aos eventos do UFC.

MOTIVO 2: É determinada

Em uma entrevista à ESPN, Ronda contou algumas táticas que usa para se manter sempre motivada. O segredo é desafiar a si mesma o tempo todo. Ela acredita que, se está muito fácil, então não é o suficiente. Nos treinos, Ronda se coloca em uma posição propositadamente desconfortável, em constante desvantagem, pois a obriga a melhorar em todos os exercícios.

MOTIVO 3: É contra a ditadura da beleza

Depois de ser criticada pelo seu corpo musculoso, a lutadora resolveu criar uma campanha contra a ditadura da beleza. Ela lançou uma camiseta para defender mulheres que não se encaixam no estereótipo de beleza ou que não se comportam de acordo com os padrões. O termo DNB (Do Nothing Bitch, em inglês) ou “mulher que não faz nada”, tradução livre para o português, veio de sua mãe. “A minha mãe não me criou para ser esse tipo de mulher que está sempre acomodada”, disse Rousey.

MOTIVO 4: Treina pesado

Mesmo com sua primeira derrota como lutadora profissional de MMA, Ronda continua a ser uma das mais dominantes da história do UFC, passando invicta por 12 lutas. A maioria delas vencida no primeiro round por nocaute. E para manter o corpo em dia, no treino dela não pode faltar alongamento, corrida para a resistência cardiovascular, boxe, corda e judô — uma de suas grandes paixões.

MOTIVO 5: Tem hábitos saudáveis

Ronda segue uma rigorosa dieta para fortalecer seu sistema imunológico, para ficar mais forte, rápida e, claro, bem melhor no octógono. Ela adota a Dieta Dolce, criada pelo ex-lutador do UFC Mike Dolce, rica em alimentos frescos e naturais e de preferência orgânicos. Duas vezes por dia, a atleta aposta em um shake poderoso, feito com uma beterraba, uma maçã, duas cenouras, quatro morangos, uma xícara de chá de blueberries, dois punhados de uvas, um limão, um punhado de espinafre, um punhado de couve, algumas folhinhas de salsa, dois talos de aipo, duas colheres de sopa de sementes de cânhamo, duas colheres de sopa de sementes de chia, uma colher de sopa de óleo de coco e uma folha de acelga sem o talo.

MOTIVO 6: Ajuda instituições

O judô é o esporte da vida de Ronda. Sua mãe, AnnMaria De Mars foi a primeira americana a se tornar campeã mundial de judô em 1984. Ronda cresceu com o esporte e conquistou uma medalha olímpica em 2008 e segue ajudando o esporte a crescer. Em sua última visita ao Rio de Janeiro, ela doou 30 mil dólares ao Instituto Reação, organização não governamental criada pelo ex-judoca Flávio Canto, na Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro. E deixou o seu cinturão com a entidade enquanto era a dona dele.

MOTIVO 7: Adora o Brasil

Após sua luta com a brasileira Bethe Correia, no UFC 190, Ronda declarou que o Brasil é o seu país da sorte e o Rio, a sua cidade da sorte. Ela aproveitou para tirar férias na capital carioca e fez programas turísticos como visitar o Cristo Redentor, a praia e assistir ao jogo entre Flamengo e Santos com a família. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s