3 truques para emagrecer que não envolvem restrição na dieta

Você vai comer mais e, ainda assim, ver o ponteiro da balança baixar

Se você odeia fazer dieta, saiba que não está sozinha nessa – a ideia de limitar o consumo dos alimentos de que mais gostamos é capaz de fazer muita gente desistir do regime antes mesmo de começar. Sabendo disso, a nutricionista americana Brooke Alpert escreveu o livro The Diet Detox (O Detox da Dieta, em tradução livre), com uma lista de regras que você pode seguir no dia a dia para emagrecer sem sacrifícios. Confira algumas delas:

1. Combine proteínas e fibras em todas as refeições

Esses dois nutrientes são essenciais para quem está querendo controlar o ponteiro da balança. “Enquanto a proteína garante saciedade, as fibras retardam a absorção do açúcar no sangue, fazendo com que a glicose seja usada como fonte de energia em vez de estocada em forma de gordura”, explica Renato Zilli, endocrinologista do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Experimente uma omelete com espinafre no café da manhã, um frango com salada no almoço e um prato de macarrão de abobrinha com camarões no jantar.

Veja também

2. Alimente-se regularmente

Não é preciso comer religiosamente de 3 em 3 horas se você não está com fome, mas fazer um intervalo de 8 horas entre o almoço e o jantar também não é recomendado. O certo é manter o nível de açúcar no sangue estável, caso contrário a compulsão dá as caras e você pode acabar exagerando na hora de se sentar à mesa. Então lance mão de lanches proteicos entre as refeições, como barrinhas de cereais.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

3. Coma gordura – mas a versão boa

Elas fazem um bem danado à saúde e também à circunferência abdominal – basta adicionar uma dose dessa benfeitora às suas refeições para ver os resultados: incremente suas vitaminas com algumas colheres de abacate, salpique sementes de girassol na salada ou use óleo de coco na hora de preparar os vegetais. “As gorduras boas contribuem com a perda de peso, mas é preciso consumi-las com moderação, pois possuem muitas calorias”, lembra Renato.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s