Além de ajudar na digestão, rabanete pode ser útil para “limpar” o sangue

Vai bem na salada, na sopa e no suco verde ou assado com outros legumes.

Por Manuela Biz e Eliane Contreras 1 jul 2018, 12h40

Mesmo que você não goste tanto do sabor ardido do rabanete, dê algum espaço no prato a ele: os benefícios à saúde compensam. Melhora a digestão e o funcionamento do intestino, facilita a absorção dos nutrientes e desincha.

  • Pesquisadores da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, descobriram mais um efeito positivo: o glucosinolato, presente na raiz, elimina os resíduos de medicamentos que sobram no sangue (lembrou do relaxante muscular que você tomou depois daquele treino de crossfit?). Então, além da tradicional salada, a médica ortomolecular Sara Bragança, do Rio de Janeiro, sugere bater o rabanete no suco verde, assar com outros legumes e usar para fazer uma sopa.

    Publicidade