Estudo: música alta em restaurantes influencia pedidos pouco saudáveis

O volume do som ambiente dos estabelecimentos em que você come pode interferir nas suas escolhas

Por Camila Junqueira, Gislene Pereira - Atualizado em 12 jun 2018, 19h35 - Publicado em 12 jun 2018, 19h26

Se você entrar em um restaurante e a música ambiente estiver muito alta, fique atenta: a chance de pedir um cheeseburguer em vez de uma saladinha é bem maior. Pelo menos, é o que sugere um estudo publicado na revista Journal of the Academy of Marketing Sciences, que explorou a influência dos sons na hora de escolher um alimento.

De acordo com os autores, a música alta faz com que as pessoas sintam-se mais animadas e extrovertidas, o que incentiva a escolha de uma refeição não saudável. Já uma trilha mais baixa provoca um efeito calmante, aumentando a consciência na hora de pedir um prato – o famoso mindful eating. Os gêneros musicais não alteraram os resultados.

A pesquisa foi realizada em um café em Estocolmo, Suécia, durante vários dias. Enquanto a música estava em 70 decibéis, 52% dos pedidos feitos por clientes não eram saudáveis. A porcentagem caiu para 42% quando o volume do som baixou para 55 decibéis. 

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

A intenção é mostrar alguns traços inconscientes do nosso comportamento como consumidores. Quem diria que sua vontade por batatas fritas teria um culpado como esses, hein?

Continua após a publicidade
Publicidade