No restaurante: nome do prato influencia seu pedido (e sua dieta)

Não se impressione por nomes rebuscados - avaliar os ingredientes é fundamental

Por Manuela Biz e Eliane Contreras Atualizado em 17 fev 2020, 15h01 - Publicado em 8 nov 2017, 11h48

Entre espaguete de abobrinha e tiras caramelizadas de zucchini, qual prato você escolheria? Em um restaurante na Califórnia, nos EUA, o segundo foi campeão (41% mais pedido) por seis semanas, apesar de os dois serem idênticos.
 A “pegadinha” armada por pesquisadores da Universidade Stanford mostrou que o nome listado no cardápio é capaz de induzir até mesmo as pessoas adeptas de uma alimentação saudável a mudar seu pedido.

Leia mais: Por que o dia livre na dieta pode colocar sua saúde em perigo

“Ninguém resiste ao prazer de escolher uma comida gostosa”, diz a nutricionista Isabella Vorccaro, do Rio de Janeiro. Por isso sempre é bom verificar os ingredientes – assim, você evita trocar o feijão-branco cozido com legumes por um cassoulet – bem mais calórico.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=FjqwuRfX5nU%5D

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA  

  • Continua após a publicidade
    Publicidade