Continua após publicidade

Saunas seca, a vapor e infravermelha: diferenças e benefícios

Embora tenham muito em comum, existem algumas diferenças importantes entre elas. Veja como escolher melhor a terapia para você

Por Juliana Vaz
Atualizado em 20 nov 2022, 20h23 - Publicado em 5 dez 2022, 11h20

Aquecer o corpo tem sido uma prática de recuperação comprovada desde 500 a.C., quando os antigos médicos egípcios reconheceram o poder curativo dos raios solares e os usaram em conjunto com banhos termais, banhos de lama e cavernas de ar quente. 

No ocidente é mais comum utilizar a sauna seca, que tem origem finlandesa, com temperaturas que variam entre 70°C e 100°C. Já a sauna úmida, mais conhecida como “banho turco”, não ultrapassa os 70°C e a umidade é muito alta. Com a alta umidade, o suor não evapora, dando a sensação de mais calor.  Estudos indicam que a exposição a altas temperaturas é boa, desde melhorias no sistema cardiovascular até a redução do estresse. Um estudo da JAMA Internal Medicine descobriu que ir à sauna pode ajudar pessoas com problemas cardíacos. Os pesquisadores acompanharam cerca de 2.300 homens que visitaram a sauna pelo menos uma vez por semana durante 20 anos. Como resultado, as pessoas que foram expostas às altas temperaturas apresentaram um risco menor de derrames e ataques cardíacos. Veja os benefícios de cada uma delas e como maximizar seus efeitos. 

O QUE É UMA SAUNA A VAPOR

É exatamente como pensa que é: uma sala em alta temperatura. Um gerador cria vapor por meio da água quente e a sala é preenchida com umidade quente.

A temperatura do ar ambiente de uma sauna a vapor fica idealmente entre 100 e 115 graus, com níveis de umidade próximos a 100%.

Nos spas ou centros estéticos, recomenda-se que não sejam ultrapassados mais de 15 minutos em uma sauna a vapor. Acima desse tempo, corre-se o risco de desidratação.

Continua após a publicidade

As saunas a vapor tem efeitos físicos perceptíveis no corpo. Aqui estão alguns dos principais benefícios das salas de vapor:

  • Alivia o congestionamento nasal

O vapor leva vantagem sobre as saunas seca, pois ajuda a descongestionar as vias respiratórias. Um dos principais benefícios das saunas a vapor é aliviar a congestão nasal. A combinação da inalação de vapor, geralmente misturada com óleo de eucalipto, aumenta a vasodilatação nos seios da face, permitindo que a passagem nasal se desobstrua e alivia a congestão. 

Portanto, é melhor evitar saunas públicas durante a temporada de gripes e resfriados, pois o risco de contrair algum tipo de vírus respiratório aumenta. Para ter os benefícios em casa, você pode pendurar folhas de eucalipto no chuveiro e tomar um banho longo.

  • Promove relaxamento mental e muscular

Estar em uma sauna a vapor pode parecer que você está derretendo o estresse do corpo. Os músculos relaxam com o calor e fica mais fácil entrar em um estado de tranquilidade. É comum associar o uso de óleos essenciais para melhorar a experiência relaxante.

  • Melhora a circulação

O calor úmido da sauna a vapor pode melhorar a circulação, de acordo com uma pesquisa compartilhada pela Harvard Medical School. A circulação melhorada ajuda no bem-estar geral e na função dos órgãos, bem como na construção de um sistema imunológico saudável. Isso ocorre porque, quando o sangue e o oxigênio fluem livremente por todo o corpo, eles transportam certas células sanguíneas que podem ajudar a combater infecções por meio da corrente sanguínea.

Continua após a publicidade

SAUNA SECA: UM PATROMÔNIO IMATERIAL NA FINLÂNDIA

Sala coberta de madeira com bancos também de madeira e iluminação quente.
Sauna seca na Finlândia (Max Vakhtbovych/Pexels)

A sauna seca é de origem finlandesa e estima-se que há 2 milhões de saunas para 5,4 milhões de habitantes do país. Além disso, a prática foi nomeada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Nessas saunas a temperatura interna chega de 70°C a 100°C.  Embora a temperatura seja elevada, a umidade dificilmente ultrapassa 20%.

O interior das cabines é revestido de madeira e são aquecidas com forno a lenha, a gás ou elétrico com pedras aquecidas para criar um ambiente seco com umidade muito baixa. É recomendado que não se ultrapasse o máximo de 20 minutos, pois existe o risco de desidratação.

Um estudo publicado no International Journal of Environmental Research and Public Health mostrou que a exposição regular ao calor da sauna pode ser útil na redução dos níveis de estresse em pessoas que sofrem do problema de forma crônica.

E A SAUNA INFRAVERMELHA?

Continua após a publicidade
Sauna infravermelha
Cabine da sauna infravermelha da clínica britânica London Cryo ()

Sim, isso já existe. A tecnologia foi desenvolvida pela Nasa, na década de 1960, que produz raios infravermelhos distantes, uma região específica do espectro infravermelho da radiação eletromagnética que não causa danos à pele humana. Em 1965, um médico japonês chamado JH Kellogg foi o primeiro a receber a patente de um aquecedor infravermelho. Ele começou a usá-lo para a cura de algumas enfermidades.

A sauna infravermelha faz o corpo suar a temperaturas mais baixas do que as necessárias para saunas aquecidas por convecção regulares. Assim, fica mais fácil tolerar o calor, por mais tempo.

O médico Alejandro Junger explicou ao portal Goop, da atriz Gwyneth Paltrow,  que a sauna infravermelha penetra mais profundamente – até três polegadas – mobiliza e queima gordura, o que não só ajuda na perda de peso, mas também na desintoxicação, já que muitas das toxinas que absorvemos estão cercadas e presas por gordura.

  • Melhora a recuperação muscular

Um estudo de 2015 realizado por pesquisadores finlandeses afirma que a penetração profunda do calor infravermelho com temperatura amena (35-50 °C) e umidade leve (25-35 %) ajudou na recuperação muscular e diminuiu a dor após uma sessão de alta exercício de resistência, como é a musculação ou funcional. 

  • Diminui a fadiga crônica

Um estudo, também de 2015, realizado pela Universidade de Kagoshima, no Japão, descobriu que pessoas com síndrome de fadiga crônica se beneficiaram com o uso de uma sauna infravermelha como parte de seu tratamento geral.

Continua após a publicidade

A luz infravermelha é comprovadamente benéfica para doenças musculoesqueléticas, desintoxicação de metais pesados e aumento do fluxo sanguíneo e da atividade celular do sistema imunológico

  • Ganhe sessões de relaxamento mais longas

Em uma sauna infravermelha é possível ficar mais tempo sob o calor e assim experimentar um suor profundo e desintoxicante. Logo, significa que seus músculos, articulações e pele estão recebendo mais tempo com raios infravermelhos.

Como sempre dizemos, consulte um profissional especializado antes de participar de qualquer tipo de sauna infravermelha, vapor ou sessão de sauna seca.

OS BENEFÍCIOS DE CADA TIPO DE SAUNA

Sauna seca

  • Aumenta o fluxo sanguíneo 
  • Melhora os níveis de resistência esportiva
  • Ajuda a saúde do coração
  • Acelera o processo de recuperação muscular
  • Fortalece o sistema imunológico

Sauna úmida

  • Relaxe psicologicamente e muscularmente
  • Produz transpiração excessiva que favorece a excreção de toxinas e limpa a pele
  • Permite um melhor descanso
  • Melhora a respiração e oxigena o sangue
  • Alivia a artrite

Sauna infravermelha

  • Promove a queima das células de gordura
  • Ajuda na recuperação muscular e das articulações.
Publicidade