Paola Antonini: modelo amputada mostra como mantém rotina fitness

Em depoimento exclusivo, a modelo de 22 anos que perdeu uma perna em atropelamento conta como aproveita o melhor dos esportes e que adora novas modalidades

Por Karina Hollo Atualizado em 14 dez 2016, 12h33 - Publicado em 5 dez 2016, 12h56

“Sempre pratiquei esportes e experimentei um pouco de tudo: handebol, vôlei, ginásticas rítmica e artística, natação, tênis… Antes do acidente [em dezembro de 2014, Paola foi atropelada e teve uma perna amputada], eu malhava, mas nada regradinho. Foi só depois que passei a dar mais valor à minha saúde e aos cuidados com o corpo. E não só pela estética mas também pela funcionalidade dele, já que precisei ficar um bom tempo fazendo fisioterapia para aprender a me equilibrar e a caminhar com a prótese.

São muitos detalhes que surgem depois de uma amputação, então comecei a dar mais importância à capacidade do meu corpo. Cresceu também a vontade de fazer algo novo e, assim que pude, comecei as aulas de dança. Antes, morria de vergonha por ser desengonçada – sempre fui daquelas meninas superduras. Mas depois do acidente pensei: ‘Quer saber? Deixa de bobeira!’ e foi maravilhoso. Ao som de funk e pop, a dança me ajudou a lidar melhor com a prótese, tanto que, quando consigo, faço até três aulas por semana. Ver que ainda sou capaz de me movimentar bem me deu mais força para arriscar outras modalidades. Até a musculação entrou de vez na minha rotina.

Veja também: Ela teve que amputar uma perna, mas não desistiu de ser bailarina

Recentemente, experimentei surfar, acredita? E olha que vivo em Belo Horizonte… Claro que levei vários caldos, mas o importante é a diversão. Também tentei jogar tênis uma vez, mas não deu tão certo porque a prótese limitava meu movimento e eu não conseguia correr atrás da bola. Só que, apesar de alguns tombos e tropeções, aproveitei bastante a sensação de liberdade que o esporte proporciona. Também já joguei basquete e pingue-pongue. Outro dia, até me arrisquei no skate, mas foi difícil manter o equilíbrio. O que vale é tentar, mesmo quando o desafio parecer impossível. Acredite: uma hora ele deixa de ser e isso torna a vida ainda mais bacana. Atividade física não faz bem só para o corpo, mas para nosso estado de espírito. Quando faço, me sinto leve!”

Confira parte da rotina de treinos da modelo:

View this post on Instagram

👊🏼💪🏼 gym time Look lindo e tênis @liveoficial #teamlive #pgnosjogosparalimpicos #obrigadomae

A post shared by Paola Antonini (@paola_antonini) on

Continua após a publicidade

 

View this post on Instagram

Aprontando na fisioterapia! 🙆🏼💃🏼 hoje foi dia de começar a fazer Trx, e coooomo é difícil! 😂💪🏼 Sempre de @liveoficial #teamlive

A post shared by Paola Antonini (@paola_antonini) on

Continua após a publicidade

 

View this post on Instagram

Morning 💪🏼 Bom dia bom dia! Já começando com tudo por aqui! Sábado também é dia 😂🙏🏼💪🏼 Roupa e tênis mais lindos @liveoficial #teamlive

A post shared by Paola Antonini (@paola_antonini) on

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade