Acroioga: passo a passo de 2 posturas da modalidade que alivia a ansiedade

Além de garantir fotos lindas, essa variação da ioga proporciona um extenso combo de benefícios: do controle da ansiedade ao fortalecimento do core

Você pode nunca ter feito ioga e, mesmo assim, se encantar com a acroioga, versão que é realizada em dupla (ou em trio, já que uma terceira pessoa pode dar uma mãozinha na execução das posturas aéreas). Com influência do circo e da massagem tailandesa, a modalidade exige ainda mais concentração – isso até aumenta os benefícios. “É preciso se conectar com o parceiro e respirar junto, o que demanda muito foco dos dois”, explica o instrutor Pedro Franco, diretor da Premananda Yoga School, no Rio de Janeiro. Assim, sua mente vive mais o presente – o famoso mindfulness – e se esquece das preocupações com o passado e com o futuro (xô, ansiedade!).

Mesmo no início – quando não conseguimos fazer tantas posturas lindas como as da foto –, os corpos precisam estar em total sintonia, o que garante que até risadas saiam sincronizadas após alguns desequilíbrios. “Ao se apoiar sobre os pés de outra pessoa, temos que nos desapegar da necessidade de querer controlar tudo e nos entregar de verdade. É um grande trabalho de confiança”, diz a professora de ioga Renata Mozzini, também da Premananda Yoga School.

Deixe o medo de lado: a altura é pequena e o suporte da dupla até amplia os movimentos que você sente dificuldade de realizar em terra firme, como uma curvatura de tronco. “Como na vida real, acredite no seu potencial e respeite seus limites”, aconselha Pedro.

Forte ou relaxada?

A prática tem duas versões: a 
mais difundida é a acroioga solar – conhecida como acrobática –, que, por ser mais parecida ao circo, trabalha a força (principalmente a do core e das pernas) e a flexibilidade. Já a acroioga
 lunar (ou terapêutica) libera os meridianos do corpo (que são canais de energia) e descomprime a coluna. “Esse estilo sofre influência da massagem tailandesa, que pode ser feita com as mãos, os pés, os joelhos ou cotovelos,
 de forma adaptada”, diz Pedro. Escolha sua versão favorita e aproveite as vantagens de conectar corpo e mente em companhia.

Treino de acroioga

A seguir, ensinamos o passo a passo de duas posturas da acroioga. Não tenha pressa para atingir os níveis mais avançados – evolua com calma, sempre alternando de lugar com sua dupla.

Postura do pássaro (acroioga solar)

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

A (Início)

Base: apoie os pés no quadril do voador e flexione as pernas.

Voador: aproxime seus pés das mãos da base e dê as mãos para a base, de modo que quatro dedos fiquem entre o dedão e o polegar da outra pessoa. Contraia o core e deixe que seu peso caia sobre os pés da base.

B (No ar)

Estenda os braços e, enquanto a base estende os joelhos, o peso do voador se distribui entre mãos e pés. Vocês podem flexionar braços e pernas para trabalhar força e equilíbrio.

Veja também

Desafio básico

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

Voador: solte uma das mãos e tente segurar o tornozelo da perna do mesmo lado.

Desafio avançado

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

Quando já estiverem craques, vale soltar as duas mãos. O voador deve olhar para a frente.

GymPass BOA FORMA: treine em mais de 12 mil academias por um valor fixo

Voo Terapêutico (acroioga lunar)

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

Acroioga

 (Raphael Figueiredo/BOA FORMA)

Fiquem na mesma posição da postura do pássaro, só que com os pés na diagonal. O voador inclina o tronco para a frente, levando a cabeça em direção à barriga da base. Abram os braços e, se conseguir, o voador também afasta as pernas. Depois, é a vez de explorar os movimentos para liberar os canais de energia: movam os braços em diferentes direções. O voador pode rotacionar o tronco enquanto a base massageia seus ombros e pescoço.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s