O ballet fitness a ajudou a perder 3 kg e se livrar da dor nas costas

Karita Freitas, representante de Goiânia no Desafio BOA FORMA Santander, fez pliés e abdominais na plataforma de ginástica e no training truck do Santander

Por Manuela Biz (colaboradora) - Atualizado em 11 Maio 2018, 19h17 - Publicado em 11 Maio 2018, 12h33

Mesmo sem nunca ter sido bailarina, a representante comercial Karita Freitas, de 30 anos, é uma aluna aplicada: quando está longe da estação de ginástica Santander, ela coloca em prática o que aprendeu com o ballet fitness. “Minha postura é outra! Ando com a barriga para dentro, ombros para baixo e cabeça erguida. Além de me deixar mais elegante, essas correções aliviaram a dor nas costas que sentia.”

E não foi só a saúde da goiana que recebeu um up. Com a orientação de Betina Dantas, criadora do método, e do educador físico Pedro Bittencourt, Karita conquistou definição nas pernas e no abdômen. “Ainda que os movimentos só usem o peso do próprio corpo, eles proporcionam massa magra porque são repetidos inúmeras vezes, o que sobrecarrega a musculatura”, explica Betina.

Karia Freitas faz exercício na estação do Santander
Du Borsatto/BOA FORMA

Nossa leitora também melhorou o pique! “Antes, não tinha força nem coordenação. Agora, até faço pliés extras”, conta Karita, que também reduziu o número de cigarros que fuma.

Karita Freitas Desafio Boa Forma Santander

“Entre as séries de ballet fitness, introduzimos exercícios intensos de cárdio, como polichinelo
e saltos, para melhorar o fôlego e secar as gordurinhas”, diz Pedro. No espelho, Karita já nota uma cintura mais fina (ela já perdeu 3 kg), a redução da celulite e, como Betina costuma dizer, o bumbum lá no coque!

Encontre as estações de ginástica, academias e training trucks do Santander

Continua após a publicidade
Publicidade