LIIT: treino intervalado de baixa intensidade é ideal para iniciantes

O low-intensity interval training está chegando com tudo e merece sua atenção – principalmente se você acabou de sair do sedentarismo

Por Caroline Randmer (colaboradora) 30 jul 2018, 17h24

Se você se assusta ao ouvir a sigla HIIT, temos uma boa notícia: está se popularizando o LIIT (low-intensity interval training), que, ao contrário do treino intervalado de alta intensidade, preza por uma sequência menos intensa e com intervalos maiores. Isso faz com que a modalidade seja ideal para quem está começando a praticar atividade física.

  • Ficou curiosa? Esclareça algumas dúvidas a seguir:

    O que é o LIIT e como ele funciona?

    O low-intensity interval training se baseia em exercícios realizados em menor intensidade e um maior tempo de recuperação entre eles. As sessões duram entre 40 e 60 minutos – para ter ideia, o tábata, o protocolo mais conhecido dos treinos HIIT, dura 4 minutos. No LIIT, o segredo é focar no controle do movimento, e não na velocidade ou no número de repetições.

    Vale para qualquer exercício?

    Sim! Caminhada, corrida, natação ou musculação: todas as modalidades podem ser adaptadas para o treino intervalado de baixa intensidade. “De aeróbicos a exercícios com carga, basta conversar com um profissional qualificado para elaborar uma sequência específica para você”, explica Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech, em São Paulo.

  • Quais as principais vantagens do LIIT?

    A mais importante é a baixa taxa de desistência, já que esse tipo de treino não leva o corpo à exaustão (ele é planejado com o número necessário de intervalos para garantir que você não se canse rapidamente). Além disso, esses exercícios são ótimos para prevenir lesões.

    Continua após a publicidade

    Para quem é indicado?

    Principalmente iniciantes ou quem está há algum tempo longe da academia e de atividades físicas em geral. “Treinos leves e longos propiciam adaptações fisiológicas mais adequadas do que sessões que pedem por um esforço muito intenso”, conclui Eduardo. Ou seja, o metabolismo responde melhor aos estímulos, e aí os resultados aparecem.

  • Com qual frequência deve ser praticado?

    O ideal é completar um total de 150 minutos (ou mais) na semana, de acordo com sua rotina – podem ser quatro sessões de 40 minutos ou três de uma hora. Apenas lembre-se de distribuir a atividade de segunda a sexta e evite se exercitar por três ou quatro dias seguidos e passar o resto da semana parada. Assim, o corpo é estimulado constantemente.

    Participe da viagem fitness BOA FORMA em um resort all inclusive

    Existe alguma contraindicação?

    Não, mas é sempre importante conversar com um profissional de educação física antes de iniciar qualquer atividade. Ele fará uma avaliação e um teste de esforço para orientá-la e alertá-la sobre eventuais riscos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade