Quanto deve variar a frequência cardíaca durante um treino HIIT?

O personal trainer Rafael Lund explica como deve ser a variação dos batimentos cardíacos em treinos intervalados de alta intensidade

Por Daniela Bernardi - Atualizado em 13 jul 2018, 17h54 - Publicado em 13 jul 2018, 17h10

“No HIIT, chego a 85% da frequência máxima, e no intervalo baixo para 60%. Isso é bom?”, Amábile Pimenta

“O treinamento intervalado de alta intensidade, além de melhorar o fôlego e ajudar no emagrecimento, economiza tempo sem reduzir os benefícios. E você está fazendo da forma certa: durante o exercício, o batimento cardíaco deve estar igual ou acima de 85% da frequência máxima (para descobri-la, subtraia sua idade de 220). Já no repouso, dá para mantê-lo entre 50 e 60%.

Mesmo assim, preste atenção nos sinais do seu corpo para não exagerar nem descansar demais. E converse com o treinador sobre a melhor estratégia, que pode ter intervalos ativos ou parados e variações, como de 4 minutos para 3 minutos, 1 minuto para 1 minuto ou 20 segundos para 10 segundos”, afirma Rafael Lund, mestre em ciência do esporte e o personal trainer de famosas como Deborah Secco e Flávia Alessandra.

Publicidade