Caminhe para não sentir dor

Segundo especialistas, a caminhada é uma das principais aliadas no combate a dores crônicas

Por Wilson Weigl (colaborador) Atualizado em 28 out 2016, 00h07 - Publicado em 1 dez 2014, 11h03

A estatística é impressionante: quase um terço da população brasileira sofre de algum tipo de dor crônica, especialmente nas costas, na cabeça ou nas articulações.

O pior é que para metade dessas pessoas as dores recorrentes comprometem o sono, o trabalho, o humor e a vida social. Uma das principais aliadas do combate à doença, segundo os especialistas, é a caminhada.

“Essa atividade libera endorfinas que promovem alívio da dor e, ao mesmo tempo, melhora a circulação e reduz o stress”, diz Mariana Schamas, cinesiologista e coordenadora da Caminhada Pare a Dor, evento semanal gratuito que ocorre no Parque Ibirapuera, em São Paulo.

Mas ela avisa: “É preciso dedicação para desfrutar os efeitos da atividade física como analgésico natural”. Portanto, organize a agenda para você se exercitar no mínimo por 30 minutos, de três a cinco vezes por semana

Continua após a publicidade

Publicidade