Vale a pena trocar o leite de vaca pelo leite de soja?

A bebida vegetal, bastante popular entre os intolerantes à lactose, é extremamente benéfica à saúde

Por Marcela De Mingo Atualizado em 11 Maio 2022, 19h38 - Publicado em 22 Maio 2022, 08h00

Dentre os leites vegetais, o leite de soja é um dos mais famosos – e mais antigos no mercado! Antes da onda de leites de amêndoas e castanhas, a soja era a matéria-prima principal para quem queria substituir o leite de vaca na alimentação. Mesmo hoje, ele é uma ótima opção para quem busca variedade de nutrientes – vamos aprender mais sobre isso nos parágrafos a seguir. 

O QUE É O LEITE DE SOJA? 

Leite de soja é um produto de elevado valor nutricional, com alto conteúdo proteico, feito com a soja micro-texturizada e diluída em água quente, formando uma massa que é agitada, obtendo se uma solução leitosa”, explica a Dra. Fernanda Carolina de Campo, professora do curso de Nutrição da Faculdade Estácio. “Essa solução contém o leite liberado da soja e elementos insolúveis na  água.”

Só com essa explicação já deu para perceber que o leite de soja é uma boa fonte de nutrientes, certo? O grão é considerado um alimento funcional, que pode modificar as respostas metabólicas do organismo, gerando mais proteção contra doenças e estímulos à saúde. 

A soja contém antioxidantes, que se caracterizam por apresentar propriedades benéficas, capazes de atuar no metabolismo fisiológico, promovendo proteção contra ações de radicais livres, que são produzidos e liberados no metabolismo normal das células, e estão relacionados com muitas doenças humanas, como cânceres e doenças cardiovasculares”, continua. “Portanto, pode ter ação como prevenção de doenças futuras.”

VALE SUBSTITUIR O LEITE DE VACA PELO LEITE DE SOJA? 

Sim, mas com ressalvas. Já existem muitos estudos que explicam como o leite de soja é uma alternativa sólida para quem busca um estilo de vida mais saudável ou lida com a intolerância à lactose. 

Continua após a publicidade

No entanto, para que esse consumo se iguale aos benefícios gerados pelo leite integral de vaca, são necessárias a adição de alguns nutrientes, como o cálcio. Ou seja, contar com a suplementação adequada, seja via alimentação, seja via cápsulas, dos nutrientes que tão facilmente ingerimos a partir do leite bovino é essencial. 

BENEFÍCIOS A LONGO PRAZO E CONTRAINDICAÇÕES

A alimentação saudável tem se transformado em um dos pilares do estilo de vida moderno. Tanto por conta dos benefícios à saúde física quanto mental, afinal, o boom de casos de depressão, cansaço e irritação podem ser desencadeados também por uma alimentação inadequada. 

“Analisando a dieta dos orientais, que é rica em soja, concluiu-se que eles apresentam baixa taxa de doenças, como cânceres ou doenças coronarianas, comprovados por dados epidemiológicos. Assim, houve um aumento no consumo de alimentos saudáveis, no qual se inclui a soja e seus derivados, que, portanto, parece estar relacionado a benefícios à saúde do ser humano a longo  prazo.”

Mas, antes de colocar soja em todas as suas refeições, é preciso cuidado: o consumo em excesso do grão, mesmo em formato de leite, pode gerar alguns desconfortos gastrointestinais, com dores na região abdominal. 

Além disso, a presença de isoflavonas na composição também tem sido estudada de perto, já que, pelo seu poder hormonal, pode estar relacionado a alterações no sistema endócrino. 

Existe ainda a alergia à soja, que pode gerar uma série de desconfortos físicos e, claro, limita o seu consumo. No entanto, todos esses diagnósticos e contraindicações precisam do aval de um profissional da área da nutrição. 

Em resumo: antes de fazer qualquer substituição alimentar, procure um especialista para garantir que a sua alimentação contemple as necessidades nutricionais que essa mudança pode gerar. 

Continua após a publicidade

Publicidade