Continua após publicidade

5 dicas de ouro para proteger sua pele sensível no inverno

Dermatologista revela os cuidados mais importantes com a pele sensível durante os dias frios. Veja!

Por Juliany Rodrigues
Atualizado em 3 jul 2024, 08h54 - Publicado em 28 jun 2024, 14h00

Com a chegada dos dias frios, peles sensíveis tendem a sofrer ainda mais, apresentando uma piora do ressecamento, das irritações e da coceira. Isso acontece porque a queda das temperaturas e a diminuição da umidade do ar comprometem a hidratação natural da barreira cutânea.

“Porém, não podemos esquecer que alguns hábitos, como banhos quentes e o uso de produtos inadequados, podem agravar a situação, deixando a pele ainda mais exposta e suscetível ao ressecamento, dermatites e até mesmo infecções”, fala a Dra. Gabriela Guerra Penha, dermatologista que, a convite da marca Profuse, lista a seguir cinco dicas para cuidar da pele sensível no inverno.

Confira!

Dicas para cuidar da pele sensível no inverno

1

Faça algumas mudanças no seu skincare

Segundo a especialista, a nossa pele possui necessidades diferentes dependendo da estação do ano. Por isso, é fundamental adequar a rotina de skincare para cada época.

Especificamente no inverno, o ideal é priorizar o uso de produtos mais hidratantes, que ajudam a combater os efeitos negativos do frio na pele, equilibrando a barreira de proteção natural.

Continua após a publicidade

Ativos como glicerina, aloe vera, niacinamida, vitamina E, ceramidas e ácido hialurônico são bastante indicados para encarar as baixas temperaturas, uma vez que eles contribuem para a redução da vermelhidão e da sensibilização.

2

Nunca se esqueça da hidratação

A etapa de hidratação é indispensável no skincare de qualquer tipo de pele. Especialmente durante o inverno, é fundamental reforçá-la, para garantir que a pele se mantenha íntegra e protegida.

Continua após a publicidade

Na hora de escolher um hidratante para pele sensível, a dermatologista recomenda optar por aqueles que não tenham fragrâncias, uma vez que esses componentes costumam irritar ainda mais a barreira cutânea.

“O hidratante, principalmente sem perfume, devolve e restabelece a hidratação natural da pele por ajudar a deixar o manto lipídico saudável“, afirma ela.

3
Continua após a publicidade

Não exagere na temperatura da água durante o banho

Apesar de parecer um hábito inofensivo, tomar banhos muito quentes contribui para a remoção dos óleos naturais da pele, que já está sendo impactada pelo frio. Nesse sentido, o ideal é utilizar a água morna.

Além disso, buchas e outros produtos esfoliantes também devem ser evitados durante o inverno. “Algumas pessoas acreditam que o esfoliante é um produto de limpeza normal, a ser usado todos os dias – mas ele é muito agressivo”, alerta a Dra. Gabriela.

4
Continua após a publicidade

Prefira sabonetes mais suaves 

Para prevenir ressecamento, vermelhidão e descamações, o melhor a se fazer é priorizar o uso de sabonetes mais suaves para lavar o rosto.

De acordo com a dermatologista, géis de limpeza com a tecnologia Syndet são boas opções, já que removem a sujeira sem agredir excessivamente a pele.

5
Continua após a publicidade

Mantenha hábitos saudáveis

Além dos cuidados tópicos, é indispensável adotar hábitos de vida saudáveis para preservar a saúde e a aparência da pele.

“A hidratação precisa ser de dentro para fora: beber de dois a três litros de água por dia é fundamental. Alguns hábitos como exposição solar excessiva e tabagismo também ressecam a pele”, conclui a especialista.

Publicidade