Como treinar seu cérebro e ser uma pessoa mais positiva

Valorizar os pontos positivos da sua personalidade está entre os exercícios considerados bons para a mente e para uma vida melhor

Por Marcia Di Domenico (colaboradora) 30 jun 2018, 09h47

Muita gente acha que felicidade é ausência de conflitos, tristeza ou problemas. Só que todo mundo passa por momentos ruins: o fim de um relacionamento, uma doença, a perda de alguém querido, a falta de grana. É inevitável – e o que nos torna humanos.

O segredo, segundo a psicologia positiva (linha que estuda o que faz as pessoas felizes), é atravessar os altos e baixos sem perder a ternura. Coloque em prática atitudes como gratidão, compaixão, empatia, resiliência e otimismo.

“Você deixa de focar naquilo que não tem (e acha que a vida está sempre em débito com você) para valorizar os pontos fortes da sua personalidade”, diz a psicóloga Marina Vasconcellos, de São Paulo. Outro caminho: “malhar” o cérebro. Novos comportamentos formam novas conexões entre os neurônios e, assim como o treino na academia, a repetição resulta em mais condicionamento e força – nesse caso, para lidar com o stress, construa relações melhores e viva bem.

Continua após a publicidade

Publicidade