Roda abdominal, o equipamento que intensifica o treino de abdômen

Se você acha a prancha difícil, teste este equipamento aqui

Prancha ou abdominal? Nenhum dos dois! A onda agora é um aparelhinho que pode até ser pequeno, mas é muito potente. Estamos falando da roda abdominal, um acessório que você já deve ter visto por aí e que trabalha o fortalecimento e a estabilização do core (região com 29 músculos que engloba o abdômen, coluna e pelve). 

Ela é bem simples: uma pequena roda, atravessada por uma barra para o apoio das mãos. “É portátil e pode ser usada juntamente com um colchonete para a estabilização dos joelhos. Os exercícios com a roda abdominal devem ser feitos com progressão [começar do modo mais fácil e ir aumentando a intensidade aos poucos] e respeitando a técnica de execução a fim de evitar tensões musculares e lesões”, explicam as fisioterapeutas Fernanda Giannella e Daniella Machado, do Viva em Equilíbrio – Fisioterapia e Pilates.

Ao trabalhar o core, um treino com a roda abdominal fortalece os músculos e melhora o alinhamento da coluna e a postura. E isso auxilia nos movimentos funcionais do dia a dia. Como levantar, sentar e agachar. “Vários grupos musculares precisam ser recrutados para que o corpo fique na posição correta. Entre eles estão os do abdômen, iliopsoas (flexores do quadril) e tríceps”, afirmam as especialistas. 

roda_abdominal_-ZIVA

 (Divulgação/Divulgação)

Mas cuidado. Pessoas que possuem problemas na lombar (hérnia de disco, por exemplo), encurtamento dos flexores de quadril, fraqueza na musculatura das costas e dores nos ombros devem evitar o equipamento. “Ele exerce uma certa pressão na região da lombar e exige um bom controle e força nos ombros. É importante a liberação do médico e um acompanhamento com um profissional capacitado que possa orientar a técnica correta e auxiliar caso ocorra algum problema.”

Exercícios com a roda abdominal

Com o abdômen contraído, lembre-se de deixar o corpo em linha reta — com os ombros e quadris na mesma direção durante todo o exercício. E evite abaixar os quadris ao final do movimento, assim como arquear as costas. 

1- Iniciante

Ajoelhe em um colchonete ou superfície macia. Apoie as duas mãos nas barrinhas da roda e mantenha o punho na posição neutra. Posicione a roda abdominal em frente aos joelhos e fique na posição de quatro. 

Depois inspire, mantendo braços e coluna estendidos. Realize uma pequena flexão dos cotovelos, leve lentamente a roda para frente e alongue o corpo. Role o equipamento até a metade do caminho. Por fim, expire, retornando à posição inicial. 

“É recomendado progredir gradualmente a amplitude do movimento e a quantidade de séries e repetições. Comece com três séries com 5 a 10 repetições.”

2- Avançado 

View this post on Instagram

Wednesday is usually the day I post my weekly weigh in however this week was literally identical to the previous so I'm switching it up. . DON'T NEGLECT YOUR CORE! I find it super easy to miss working your core because it probably doesn't involve blasting super heavy weights. I added this 3×10 daily core workout so I don't miss it. . Having a strong core is not just sick for the certified washboard abs (although it's a perk). A strong core means that you are better able to control the upper portion of your body in regards agility in sport. Stopping on a dime, turning tight corners, and all the flashy jukes require a solid foundation of abdominal muscles. . #fitness #exercise #workout #goals #bodybuilding #strength #training #thewrestlersedge #sports #weightlifting #core #abs #abdominal #wheelexercise #bodyweight #washboardabs #coreworkout @coachbott

A post shared by Justin Chan (@thejchan61) on

Ajoelhe em um colchonete ou superfície macia. Apoie as duas mãos nas barrinhas da roda e mantenha o punho na posição neutra. Posicione a roda abdominal em frente aos joelhos e fique na posição de quatro. 

Agora inspire, mantendo os braços e coluna estendidos e uma pequena flexão dos cotovelos. Leve lentamente a roda para frente, alongando o corpo até a amplitude completa. Expire e retorne à posição inicial. Faça Três a quatro séries com 10 a 20 repetições.

3- Muito avançado

Inicie o movimento em pé. Dobre o corpo e apoie as duas mãos nas barrinhas, mantenha o punho em posição neutra. Posicione a roda abdominal em frente ao corpo no chão.

Inspire, mantendo os braços e coluna estendidos e uma pequena flexão dos cotovelos, leve lentamente a roda para frente alongando o corpo até a amplitude completa.  Expire e retorne à posição inicial. Faça de três a quatro séries com 10 a 20 repetições.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Realmente essa roda abdominal, é um exercício que trabalha bastante a musculatura.

    ainda mais quando eu faço uma serie de exercícios antes, dai parece que é mais difícil ainda.

    os exercícios que eu faço é esses aqui desse site https://musculosdefinidos.com/melhores-exercicios-para-emagrecer/

    Curtir

  2. Misore Yukata

    Muito interessante esse aparelho, mas também é necessário ter alimentação equilibrada pra conseguir um resultado satisfatorio, neste ebook que comprei mostra o passo a passo de como ter uma reeducação alimentar e perder peso em 17 dias , segue o link se vcs quiserem tbm:

    Curtir