Vai começar a correr? Evite o erro mais comum entre as iniciantes

Para colocar o esporte na sua rotina, é necessário preparar o corpo para evitar lesões

Por Giulia Granchi, Gislene Pereira Atualizado em 17 fev 2020, 15h08 - Publicado em 1 set 2017, 16h43

Correr é de fato um esporte democrático. Quando precisam recorrer a alguma atividade física, seja pela praticidade de encaixar o exercício na rotina seja pela economia no bolso, muitas pessoas escolhem a corrida.

No entanto, é necessário preparo – ou pelo menos, uma boa experiência anterior com exercícios – antes de amarrar o tênis e sair correndo. É o que explica o professor e diretor esportivo da assessoria esportiva Z Track, José Carlos Fernando, de São Paulo. “Muitas pessoas sem histórico esportivo estão apostando na corrida como seu primeiro esporte. O problema é que o corpo não está apto para a atividade: falta coordenação motora, equilíbrio, força. O que leva a uma postura ruim e à pisada errada”, explica.

Veja também: Meia maratona: o que saber antes de encarar os primeiros 21K

De acordo José, a má postura é a principal causa das lesões mais comuns: as dores na lombar, tendinites e crondomalácia patelar (síndrome que causa dor no joelho) — apontadas com base em sua experiência profissional. “A postura equivocada sobrecarrega as articulações ou até aciona outras que não deveriam participar do movimento”, adverte.

COMO PREVENIR

Já vimos que não dá para acelerar sem alguns cuidados, certo? Então, se seu foco é correr, a dica do professor é montar um plano que se encaixe na sua rotina.

“As pessoas têm o hábito de serem imediatistas, mas com corrida, não podem ser assim – o esporte é um processo. É preciso ter o aval do seu médico, encontrar um preparador físico e começar o trabalho preparatório de fortalecimento, mobilidade e alongamento. Assim, você prepara o organismo e evita lesões.”

A POSTURA CERTA

Continua após a publicidade

Durante seus treinos e provas, braços, abdômen, pernas e pés devem estar na posição correta. Segundo José, existem variações de postura de acordo com a forma física de cada pessoa, mas as coordenadas a seguir vão ajudar você a fugir das lesões:

• A cabeça deve estar alinhada com o tronco (nem muito projetada para a frente nem tombada para trás) e o olhar, voltado para o horizonte;

• Os ombros ficam relaxados, os antebraços, posicionados a 90 graus e os braços fazem um movimento de pêndulo alternado para a frente;

• A posição correta do tronco é perpendicular ao solo;

• O movimento das pernas devem ter amplitude adequada ao tamanho do tronco;

• Os pés precisam estar alinhados com o tronco ao tocar o solo e os joelhos devem receber o impacto com uma leve flexão para depois realizar a extensão no movimento e finalizar a passada.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

Continua após a publicidade

Publicidade