7 benefícios da yoga

Muito mais do que uma atividade física, a yoga pode trazer diversos benefícios mentais

Por Amanda Ventorin Atualizado em 22 jul 2021, 10h29 - Publicado em 22 jul 2021, 09h00

Tendo origem na Indía, a Hatha Yoga, que conhecemos hoje como “Yoga Clássica” surgiu com o movimento de contra cultura Tantrismo se opondo a era Védica, que pregava o conservadorismo da yoga, onde apenas homens de castas altas poderiam praticá-la. A Hatha Yoga carregava a liberdade e popularização da prática, permitindo que mulheres e homens de castas baixas também a conhecessem. Hoje em dia há diversas outras vertentes da prática, como Vinyasa Yoga, Ashtanga, Iyengar e o Hot Yoga e todas elas possuem diversos benefícios para a mente e o corpo.

7 motivos pelos quais você precisar começar a praticar Yoga

 

1. Consciência corporal e o mergulho em si mesmo

” O corpo e a mente estão interligados, quando o corpo não estiver bem a mente vai gritar e vice e versa. Os benefícios da Yoga são vários, desde o relaxamento total através da respiração, onde você fica presente em si mesmo e faz um mergulho de autoconhecimento, conhecer partes de seu corpo e trazer a mente para o mesmo através da respiração e isso ajuda na redução de estresse, ansiedade, insônia. Ajuda a melhorar o foco em diversas áreas da sua vida”, conta Vanessa Joda, professora de Yoga e idealizadora da plataforma Yoga Para Todes. 

2. Pode te ajudar a lidar com a pandemia e situações de estresse

“Como nosso corpo está em alerta, em estado de perigo pela pandemia, nosso corpo produz mais cortisol, a enzima do estresse, e nosso corpo além de produzir mais cortisol, mais adrenalina. O cérebro manda o sinal de que estamos em perigo, que se pode pegar o coronavírus a qualquer momento, então ficamos mais estressados e aí acaba desregulando diversas coisas no nosso organismo, como o nível de colesterol”, explica Vanessa.

Vanessa Joda praticando yoga ao ar livre
Vanessa Joda, professora de yoga e idealizadora da plataforma Yoga Para Todes Vanessa Joda/Arquivo pessoal

3. Oxigenação dos órgãos

Entre os milhares de benéfico que o Yoga proporciona, acredito que se destaca muito a capacidade de oxigenação dos nossos órgãos e principalmente do cérebro, diminuindo os hormônios do stress, e liberando serotonina. Já existem estudos científicos que comprovam a eficácia do Yoga e da meditação”, conta Isadora Giani, professora de yoga. 

4. Aumento do tônus muscular

Uma pessoa que pratica com constância vai sentir a mudança no corpo, como trabalhamos muita isometria e força é natural que o corpo fique com mais tônus muscular e definição. As práticas podem ter um gasto calórico de 200 a 500 calorias, podendo variar de acordo com a intensidade” explica Isadora. 

5. É uma filosofia de vida

” A yoga é uma filosofia, não uma atividade física. Dentro dessa filosofia tem a prática de respiração, meditação e asana (físico) a partir disso,  prática vai além do tapetinho e da aula. Ela é uma filosofia de vida libertária e inclusiva libertária, de auto cuidado e autoconhecimento. Entendo isso, percebemos que não somos nós que nos adaptamos a yoga, mas ela que se adapta a nós, cada pessoa e cada corpo reagirá de uma forma com a Yoga”, conta Vanessa.

Continua após a publicidade

6. Previne dores na coluna

Pode ser um super aliado para problemas na coluna, porém, é sempre necessário um acompanhamento médico e também que o aluno passe para a professora para que seja respeitada a sua individualidade.

O Yoga é incrivel como prevenção de qualquer dor. E na coluna não é diferente! Trabalhamos postura, força de core e alongamento. Dificilmente alguém que pratica com constância vai sentir dores na coluna quando envelhecer”, explica Isadora. 

“Eu tenho princípio de hérnia de disco na lombar e o que faz eu não ter crise é a prática da yoga”, compartilha Vanessa.

Isadora Giani praticando Yoga
Isadora Giani, professora de yoga criou uma comunidade de yoga online Isadora Giani/Divulgação

7. Ela é para todos

” Todo mundo pode praticar yoga. Ela nasceu de um movimento libertário, mas veio para o ocidente de uma maneira muito deturpada, de maneira elitista indo para as mãos daqueles privilegiados, que são os brancos, ricos e magros de corpos normativos. Sabendo que a Hatha Yoga vem desse movimento, é importante se perguntar o porquê da prática não ser democratizada. Qualquer pessoa pode praticar yoga, uma pessoa com deficiência, uma pessoa gorda, preta, qualquer um pode praticar, mas a maneira como isso chegou pra gente foi diferente, foi de uma maneira elitista”, conta Vanessa, que usa seu trabalho como uma forma de levar a yoga para todes.

+ Como cuidar da saúde física e mental

Hot Yoga

O Hot Yoga é uma das modalidades que combina o método tradicional, porém em uma sala aquecida a 40°c. A sua prática, segundo Mariana Michelin, Instrutora de yoga e Coordenadora Técnica do Vidya Studio, potencializa todos os benefícios que seriam obtidos por meio da Yoga tradicional. O calor do ambiente deixa o exercício ainda mais eficaz, estimulando o organismo a funcionar mais intensamente e aumenta a circulação sanguínea e linfática e o débito cardíaco (quantidade de sangue circulante). Além de diminuir a pressão arterial e aumentar os níveis de óxido nítrico no sangue (responsável pela vasodilatação).  “Também, por conta do ambiente com altas temperaturas, o Hot Yoga promove maior gasto calórico do praticante, aumentando o metabolismo e facilitando a queima de gordura. O exercício também diminui os níveis de colesterol total do sangue (principalmente o LDL)”, conta a profissional. 

Continua após a publicidade
Publicidade