Dicas para manter uma rotina de exercícios com o retorno ao escritório

Veja como conciliar o trabalho presencial às atividades físicas (online ou na academia)

Por Larissa Serpa Atualizado em 23 out 2021, 23h29 - Publicado em 24 out 2021, 09h00

Com o avanço da vacinação e a diminuição dos casos de Covid-19 no Brasil, diversas empresas optaram por voltar ao regime presencial — ou mesmo um híbrido, com alguns dias de home office e alguns no escritório.

O problema é que muitas pessoas já haviam se acostumado com o tempo extra em casa — devido, por exemplo, à falta do período de ida e volta ao trabalho –, aproveitando até mesmo essas horas para adicionar hábitos mais saudáveis, como treinar. 

Como falamos anteriormente aqui, dados da plataforma Gympass mostram que os usuários altamente ativos permaneceram ainda mais ativos no isolamento do que antes da pandemia. Já, entre os indivíduos menos ativos, ou aqueles que não praticavam atividades físicas regularmente com o Gympass antes do início da pandemia, a plataforma viu um aumento de 20,8% em sua média semanal de utilização. 

O número de presenças em aulas online aumentou muito no Gympass durante a pandemia
Getty Images/Reprodução

PREVISÃO DE COMPORTAMENTO PÓS-PANDEMIA

Agora, muitas pessoas, com a volta aos escritórios, decidiram retornar também às academias. 

58.1% dos usuários do Gympass no Brasil já voltaram a frequentar academias

O Gympass conduziu uma pesquisa com 4.300 usuários em diversas regiões do Brasil e os dados mostraram que, independentemente das diferenças nas taxas de vacinação, a maioria (58.1%) dos usuários do Gympass no Brasil já voltou a frequentar academias presencialmente, enquanto que 31,2% ainda aguardam a diminuição das restrições sanitárias e o avanço da vacinação. Ainda, 5,5% planejam continuar com uma experiência híbrida, combinando treinos online e presenciais, enquanto que 5,2% disseram não ter planos de voltar à academia de forma presencial. 

A sensação de segurança, seja por conta da vacinação ou pela adoção de protocolos sanitários, e a dificuldade de se adaptar a treinar em casa sem equipamentos e infraestrutura são os principais fatores por trás da disposição dos usuários de voltar às academias de forma presencial. 

Hábitos de atividade física pós COVID

✓ 43% dos usuários esperam voltar às suas rotinas de treino anteriores e adicionar vídeos pré-gravados e/ou ao vivo a elas.
✓ 78% dizem que normalmente ou quase sempre preferem as opções presenciais de treino. Um maior senso de comunidade e responsabilidade são citados como as principais razões.

Fonte: Mindbody survey, 700 users (2020)

Continua após a publicidade

.

COMO CONCILIAR O ESCRITÓRIO COM A ACADEMIA

Quer você seja do time que pretende voltar aos treinos em academias ou focar nos treinos em casa, veja algumas dicas para não desanimar do hábito de se exercitar agora que o trabalho presencial voltou a ser uma realidade:

  • Comece cedo
Corrida no amanhecer do dia
betyarlaca/Thinkstock/Getty Images

Conforme o dia segue, sua habilidade para resistir à tentação de desistir diminui, o treino que parecia uma boa ideia às 7 da manhã parece horrível às 15h. “Pensando pela ótica da produtividade, é absolutamente melhor treinar de manhã. E também existem outras considerações muito significativas sobre como a prática nesse horário melhora a produtividade pessoal: em uma pesquisa da Harvard Medical School, alunos que participam das aulas de educação física antes de iniciar as aulas apresentam aumento significativo em sua performance escolar — 7% a mais na capacidade de leitura e compreensão, comparados aos alunos que optam em fazer a educação física a tarde”, conta Giulliano Esperança, treinador e diretor técnico da Sociedade Brasileira de Personal Trainers.

Além disso, Bianca Vilela, fisiologista do exercícios da Bianca Vilela Saúde Corporativa, explica que as atividades mais intensas devem ser feitas de manhã para não atrapalhar o sono. As atividades de relaxamento (yoga, alongamento) vale deixar para a noite, “elas combinam com um banho quente com aroma de lavanda, para que você durma melhor”, explica.

  • Planeje a semana

É importante fazer o planejamento de treinos com antecedência, para que você já tenha a referência na hora que for fazer, não atrapalhando o resto do seu dia. “Faça isso no domingo, tomando um cafezinho, em algum momento gostoso e descontraído. Faça disso um momento prazeroso”, diz Bianca. Segundo ela, nesse planejamento, você deve se certificar de colocar atividades aeróbias (HIIT, coisas que queimam mais), atividades de fortalecimento muscular e alongamentos. “Senão a pessoa fica a semana toda só na caneleira”, diz.

  • Organize-se no dia anterior
Roupas fitness tecnológicas
Divulgação/BOA FORMA

“Comece pelas roupas, deixe tudo separado e em um local fácil para você se vestir. Deixe a roupa de trabalho e também a que usará para o treino pronta. Para o café da manhã, já deixe organizado o que irá comer. Você vai economizar uma energia mental que vai fazer toda a diferença para colocar em prática a rotina”, indica Giulliano.

  • Coloque em perspectiva

Com tudo que está acontecendo na sua vida, pode parecer que você simplesmente não tem tempo para treinar ou, se você parar agora por 30 minutos para isso, outra área da sua vida vai desmoronar. Mas pare para pensar: isso realmente é verdade? Será que essa meia-hora realmente tem esse poder de causar todo esse estrago? É muito provável que não e, se você parar para pensar, vai ver que essa preocupação é apenas seu lado irracional falando.

  • Estabeleça uma meta

“Estabelecer uma meta pode aumentar em 78% a performance, seja no mundo do atlestismo, seja no mundo dos negócios, de acordo com o Hanbook for Sport Psychology, organizado por R. Singers, H. Hausenblas e C. Janelle”, conta Giulliano. Para isso, ele indica se fazer a pergunta “por que você treina?” Ao responder, tente ir além da visão sobre aparência física. Se você quer endurecer o bumbum, por exemplo, o motivo por trás disso pode ser aumentar sua confiança. Essa deve ser sua resposta.

Continua após a publicidade

Publicidade