6 bons alimentos para evitar a cãibra muscular

Acabe com os espasmos – que atingem sobretudo os membros inferiores – de uma vez por todas

Por Caroline Randmer (colaboradora) 21 fev 2018, 19h33

Ninguém está livre de sentir aquela pontada de cãibra na batata da perna no meio da noite ou durante a atividade física. A boa notícia é que o incômodo – mais comum nos membros inferiores, mas também pode dar as caras em outras áreas do corpo, como nas mãos ou no pescoço – pode ser facilmente prevenido: basta incrementar o consumo de minerais, em especial do magnésio, do cálcio e do potássio. “Juntos, eles atuam diretamente na contração muscular”, explica Alan Tiago Scaglione, nutricionista da Clínica Fernandes, em São Paulo.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

O mecanismo funciona assim: enquanto o magnésio relaxa e flexibiliza a musculatura, o cálcio estimula as contrações. É tudo uma questão de equilíbrio – e o potássio entra em cena como uma espécie de supervisor de todo esse processo, garantindo que cargas elétricas disparadas no cérebro não sequem as reservas minerais das fibras musculares. Então, para fugir dessa dor paralisante, que pode durar de alguns segundos a diversos minutos, adicione ao seu prato os seguintes itens:

  • 1. Oleaginosas

    Aposte em um punhado de castanhas, nozes e amêndoas para garantir o aporte de magnésio que seu corpo precisa para manter as fibras musculares funcionando de maneira saudável.

    2. Derivados do leite

    Vire aquele copo de leite pela manhã ou saboreie um pedaço do queijo entre as refeições para passar longe da deficiência de cálcio e zelar por músculos mais resistentes.

    3. Banana

    Mas vá de amarelinha! Além de ser famosa por sua concentração de potássio, a fruta também apresenta triptofano, substância precursora da serotonina, que, uma vez liberada no organismo, relaxa o corpo como um todo, inclusive os músculos geralmente atingidos pelas cãibras.

  • 4. Batata-doce

    Varie o prato com o tubérculo. Uma batata média – cozida, assada ou amassada – supre 12% da necessidade diária de potássio.

  • 5. Melão

    Saboreie duas fatias ao dia – essa quantidade já é suficiente para prevenir as dores súbitas graças a quantidade de potássio presente na fruta.

    6. Água

    Beba água – muita água! “A desidratação favorece a contração muscular involuntária, especialmente durante exercícios físicos”, conta Alan. Por isso, garanta a ingestão de pelo menos 2 litros todos os dias.

    Continua após a publicidade
    Publicidade