4 maneiras de pegar no sono quando você está muito estressada

Despejar as emoções em um papel é uma das medidas que pode ajudá-la com o problema

Por Caroline Randmer (colaboradora) - Atualizado em 9 jan 2018, 18h11 - Publicado em 26 dez 2017, 14h39

Você teve um dia daqueles no trabalho, com vários problemas para resolver. Para ajudar, em casa também surgiram alguns aborrecimentos. Saldo do dia: muito stress e pouco sono. Identificou-se? Pois essa é a realidade de muitos brasileiros que após um dia repleto de contratempos não consegue pegar no sono.

A seguir hábitos fáceis de mudar e que vão fazer toda diferença na hora de deitar na cama.

1. Lide com o gatilho do stress ao longo do dia

Essa é uma ótima tática para que sua ansiedade não a mantenha acordada durante a madrugada. Se algo a deixou estressada, pense sobre o assunto enquanto o sol ainda brilha – assim você tem tempo para processar o que aconteceu antes de deitar a cabeça no travesseiro.

Ou ainda, que tal fazer isso escrevendo sobre suas emoções? Despeje tudo o que está sentindo em um caderno e deite a cabeça no travesseiro com a mente tranquila.

Leia mais: Dormir bem emagrece e alisa a pele

2. Invista no ambiente ideal

Qualquer detalhe é motivo para mantê-la acordada quando o stress está tinindo? Então na hora de dormir, garanta um quarto escuro, travesseiros confortáveis, lençóis macios e até protetores auriculares se julgar necessário.

Continua após a publicidade

3. Restrinja o consumo de cafeína

Evite beber café e bebidas como chá preto ou matte, repletos de cafeína, e refrigerantes depois das 18h. “A cafeína é uma substância estimulante que promove a vigília, ou seja, desperta”, explica Fabio Porto, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo. Se ainda assim a dificuldade em pegar no sono persistir, experimente cortar as fontes de cafeína da rotina logo depois do almoço.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

4. Saia da cama

Se você acordar no meio da noite, procure não ficar mais de 20 minutos tentando adormecer novamente. Caso contrário, é capaz que você passe o resto da madrugada obcecada com os problemas do dia e ansiosa por não conseguir dormir.

“Em vez disso, levante-se e realize alguma tarefa monótona, como ler um livro. Quando sentir sono novamente, volte para a cama”, diz Fabio. A medida ainda evita a associação entre cama e insônia.

Continua após a publicidade
Publicidade