4 sinais de que você pode estar com endometriose

Sintomas nem sempre associados à menstruação podem indicar a presença desse problema

Por Caroline Randmer (colaboradora) 16 fev 2018, 12h54

Na última quarta-feira (14), a atriz americana Lena Dunham anunciou que passou por uma histerectomia, cirurgia em que se retira todo o útero. O motivo: anos de sofrimento com as dores provocadas pela endometriose.

A doença – que, segundo estimativas, atinge 7 milhões de mulheres só no Brasil – caracteriza-se pela descamação do endométrio (a menstruação) fora do útero. Ela pode se dar nos ovários e até em órgãos como intestino, bexiga e pulmões.

  •  

    O diagnóstico nem sempre é fácil de ser feito. E o principal sintoma é a dor na época da menstruação – que costuma ser confundida com cólicas. Por isso, é importante ficar atenta a outros possíveis sinais dessa encrenca. E, ao notar algo diferente, consultar seu ginecologista.

    A seguir, listamos alguns indícios de que suas cólicas menstruais podem ser, na verdade, endometriose:

    Continua após a publicidade
  • 1. Cólicas intensas que duram mais do que deveriam

    Dores abdominais que surgem semanas antes do primeiro dia da menstruação e se mantêm por dias depois que o fluxo já cessou são sinônimo de que algo não vai bem. É difícil diagnosticar a doença com base em uma sensação que muitas mulheres já se convenceram ser normal, então atente-se a outros sintomas que acompanham esse incômodo.

    “O quadro costuma vir com taquicardia, náuseas, dilatação das pupilas, sensação de desmaio, palidez, irritabilidade, ansiedade e inibição da salivação”, alerta Alessandro Scapinelli, ginecologista da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo.

    2. Dificuldade para ir ao banheiro

    Sintomas como prisão de ventre, diarreia e dor na hora de urinar geralmente indicam problemas gastrointestinais ou infecção urinária – mas nem sempre. Por mais estranho que possa parecer, eles também sinalizam a endometriose pode estar no intestino ou na bexiga.

  • 3. Dores durante a penetração

    É bom ficar alerta se você sentir um incômodo muito forte durante a relação sexual. “A endometriose, muitas vezes, se localiza no fundo da vagina, o que causa dor no momento da penetração profunda”, diz Alessandro. Lembre-se: sexo deve ser sempre prazeroso e qualquer dor que atrapalhe esse momento precisa ser investigada.

    Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

    4. Dor na lombar

    O tecido que foge da cavidade uterina pode se espalhar pelo corpo todo e fazer morada onde bem entender (em casos graves, o endométrio pode se instalar até nos olhos!). Nos casos em que se estabelece da espinha dorsal, pode acabar provocando dor nas costas. Então, se essa sensação estiver associada a outros sintomas, vale fazer uma visita ao consultório.

    Continua após a publicidade
    Publicidade