5 coisas que as mulheres precisam saber sobre seu coração

Cuidar da saúde do seu corpo e mente é muito importante para manter o órgão funcionando a todo vapor

A gente já conhece muitos dados sobre as doenças relacionadas ao coração. Elas são uma das principais causas de morte nos países ocidentais, e muito disso se deve ao fato de adotarmos hábitos nada bons para a nossa saúde, como o sedentarismo e a má alimentação. Mas e quais outras coisas precisamos saber sobre o órgão? O médico cardiologista Marcelo Nishiyama, clínico da BP — A Beneficência Portuguesa de São Paulo, ajuda a elencar: 

1- Ser magra não é sinônimo de ter um coração saudável 

A verdade é que sim, doenças como o diabetes tipo 2, hipertensão e colesterol elevado são mais recorrentes em pessoas com sobrepeso e obesas. “A obesidade no Brasil já pode ser considerada um problema. Mais de 20% da população do país é. Devido a isso, essa parcela tem mais chance de desenvolver taxas altas de triglicérides e colesterol no sangue, serem diabéticas e sofrerem com síndromes metabólicas”, diz o médico. 

Contudo, o contrário não é correto. Pessoas magras, mas sedentárias, com hábitos alimentares ruins ou tabagistas também correm sérios riscos. “Principalmente as que apresentam gordura acumulada na região da cintura, chamada de visceral. É o pior tipo de gordura, porque leva a reações inflamatórias no organismo. Estes, por sua vez, geram síndromes metabólicas”, Marcelo Nishiyama explica. 

Um estudo europeu publicado neste ano parece comprovar a hipótese. Nele, especialistas compararam pessoas obesas ativas e magras sedentárias. O primeiro grupo teve índices de mortalidade bem menores que o segundo. “Por isso, o sedentarismo é uma condição que precisamos combater. Pesquisas indicam que ele é a causa de morte de 1 em cada 10 pessoas no mundo.”

2 – Abrace as gorduras (do bem!) 

Não, você não precisa cortar todo e qualquer tipo de gordura para manter o coração saudável. A dieta mediterrânea, considerada uma das mais eficientes para atingir o objetivo, inclui óleos, azeites e alimentos gordurosos no cardápio. A questão que você deve prestar atenção no tipo de gordura que consome. “Temos que evitar mais as trans e saturadas e investir mais nas poliinsaturadas. Além de cortar os industrializados, ingerir adequadamente frutas (de 3 a 5 porções ao dia), verduras e legumes. Azeites, castanhas e laticínios pouco gordurosos também são ótimos”, aconselha o médico. 

3 – Estresse e depressão são inimigos do coração

Um estudo alemão de 2017 comprovou a relação. Pessoas depressivas têm 15% mais chances de desenvolver doenças cardiovasculares. Mas e as estressadas? “Ainda não há um consenso científico se o estresse pode ou não deixar as pessoas hipertensas. Mas podemos afirmar que ele dificulta sim o controle da doença e é até um gatilho para ela. Além disso, eleva em 20% o risco de ataques cardíacos.”

4 – Sua pressão arterial na gravidez dá pistas sobre seu futuro

Durante a gravidez, algumas mulheres sofrem com a chamada pré-eclâmpsia, uma elevação da pressão arterial junto com eliminação de proteína pela urina. Geralmente assintomática, ela pode vir acompanhada de retenção de líquido nos membros inferiores e excesso de peso. “Mulheres que tiveram podem ter na próxima gestação. Depois de 6 a 8 semanas do parto, a pressão sanguínea tende a normalizar. Se isso não acontecer, a mulher virou hipertensa”, afirma Marcelo. 

5 – Dormir mal prejudica o coração

“O Congresso de Cardiologia deste ano, realizado em Paris, na França, apresentou um estudo com 3313 idosos. Nele, foi demonstrada a relação entre a pressão arterial e qualidade do sono”, explica o cardiologista. Ou seja: dormir mal pode prejudicar mais do que a sua produtividade no dia seguinte, viu?

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s