Fazer ioga pelada é moda no Instagram – e as fotos são lindas

O movimento foi criado por uma fotógrafa a partir da hashtag #NYGyoga

Por Redação BOA FORMA Atualizado em 17 fev 2020, 15h03 - Publicado em 12 out 2017, 11h58

Já passou pela sua timeline alguma pessoa sem roupa numa postura incrível de ioga? É provável que ela tenha embarcado no movimento #NYGyoga, iniciado pela fotógrafa anônima @nude_yogagirl.

Com 680 mil seguidores, o perfil da modelo e ioguini é lotado de fotos lindas da modalidade, a maioria com pessoas nuas. E, segundo ela, a ideia não é dar conotação sexual à prática milenar. “Para mim, fazer ioga pelada é liberdade. Quando comecei, me fez ver meu corpo de um jeito muito mais positivo e amoroso”, disse @nude_yogagirl ao site americano SELF. “A ioga nos ensina a ouvir nossos corpos e o que eles podem fazer. Nossos corpos são mecanismos incríveis. E a ioga sem roupa torna essa experiência muito mais poderosa, porque é natural”, comentou.

Leia mais: Inclua a ioga na sua rotina para evitar o envelhecimento precoce

A fotógrafa está empolgada em ver tanta gente aderindo à hashtag. “Saber que as pessoas realmente tiram tempo para se conectar com elas mesmas e celebrar seus corpos únicos me faz feliz. Nós podemos nos ajudar e incentivar a amar quem somos”, declarou à publicação.

A seguir, confira alguns dos cliques de tirar o fôlego que estão bombando na rede social. Quem sabe você não se inspira a entrar nessa moda?

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

https://www.instagram.com/p/BZ4SrgwjNlk/?tagged=nygyoga

View this post on Instagram

The art of letting go 🌱 #NYGyoga

A post shared by @ luci_jazz on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

This is it: the first nude yoga photo (that I know of) to be posted on Instagram. Ever. And it's of me, my photo. It was over 4 years ago. Many of you are sending me the recent article featured in @cosmopolitan about a certain yoga woman and how she's pioneering positive attitudes about women's bodies, self love and acceptance. I'm thrilled that she got so many accolades and is spreading empowerment about women. I don't like to boast or brag. So I quietly sit back and watch happenings around. I was also the one who started #handstand365 to bring playfulness into people's lives. It led to my first international tour where I taught handstands to thousands of people. Today over a quarter million of you have tagged #handstand365 and dozens of other yogagramers have copied my challenge. I don't care. This is about love. About community about collaboration. So to all of you who are sending me articles saying "you need to get featured by her" or "oh my god look who's pioneering nude yoga." I know. I was her predecessor. And I think she's great. A real artist. Years ago someone suggested I feature exclusively nude photos on my Instagram feed and I declined. I replied, "my Instagram is real. It's a look at my real life. It's about travel and yoga and love and empowerment and adventure. So I don't want to pigeonhole myself to just one style of photo. Besides then it wouldn't be honest for me." There's enough room out there for all of us. I'm fully updated on what's trending right now in this bonkers social media world. #truthisout P.S. I also wrote a piece on this that was published on @elephantjournal 3 years ago and it was very edited so I also posted the personal rendition in my blog. Link in bio.

A post shared by YOGA • TRAVEL • STORY (@laurenrudick) on

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA  

  • Continua após a publicidade
    Publicidade